Itália bate República Checa e fica em primeiro no Grupo E

A Itália venceu a República Checa por 2 a 0, nesta quinta-feira, em Hamburgo, e assegurou a classificação para as oitavas-de-final da Copa do Mundo como primeira colocada do Grupo E - entra em campo na segunda-feira, às 12 horas (de Brasília), em Kaiserslautern, contra a Austrália, o segundo colocado do Grupo F.Os checos, que disputaram a primeira Copa desde a divisão da Checoslováquia, na década de 90, foram eliminados depois de brilhar na estréia, com os 3 a 0 sobre os Estados Unidos, e perder por 2 a 0 para Gana.A República Checa começou melhor e dominou os primeiros 20 minutos de jogo, com toques rápidos e finalizações de fora da área. A Itália, a quem um empate bastava, jogava recuada, com apenas um atacante fixo - Gilardino - e apostando nos contra-ataques. Quando saiu para o jogo, conseguiu o gol.Foram dois escanteios seguidos cobrados por Totti. No primeiro, Gattuso cabeceou por cima. No segundo, aos 25 minutos, Materazzi, que havia entrado pouco antes no lugar do contundido Nesta, venceu a alta zaga checa e marcou.A República Checa tentou pressionar a saída de bola italiana, mas não conseguiu o empate, e viu sua capacidade de reação reduzida já nos acréscimos, quando o meia Polak foi expulso por entrada violenta em Totti.Na segunda etapa, os checos continuaram tentando o gol de empate, que ainda era insuficiente para a classificação - com a vitória de Gana sobre os Estados Unidos, dependiam de uma vitória. Mas a Itália, fortíssima na defesa, não deu alternativas a não ser os chutes de fora da área - os que foram para o gol pararam nas mãos do goleiro Buffon.O técnico Karel Bruckner tentou sua última cartada com a entrada do atacante Heinz no lugar do zagueiro Kovac, mas o time não teve pernas para reagir - não pôde contar com vários jogadores, como o atacante Koller, contundido na estréia, diante dos Estados Unidos.A Itália perdeu várias oportunidades em contra-ataques, mas conseguiu matar o jogo aos 41 minutos: Inzaghi, que havia substituído Gilardino na segunda etapa, escapou em velocidade, driblou Cech e tocou para o gol vazio.Ficha técnicaRepública Checa 0 x 2 ItáliaRepública Checa - Cech; Grygera, Kovac (Heinz), Ronzehnal e Jankulovski; Poborsky (Stajner), Polak, Nedved e Rosicky; Plasil e Baros (Jarolim). Técnico: Karol Bruckner.Itália - Buffon; Zambrotta, Nesta (Materazzi), Cannavaro e Grosso; Gattuso, Camoranesi (Barone), Perrotta e Pirlo; Totti e Gilardino (Inzaghi). Técnico: Marcello Lippi.Gol: Materazzi, aos 25 do primeiro tempo; Inzaghi, aos 41 minutos do segundo tempo.Cartões amarelos: Gattuso e Polak.Cartão vermelho: Polak.Árbitro: Benito Archundia (México).Local: AOL Arena, em Hamburgo.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.