Antonio Calanni/AP
Antonio Calanni/AP

Itália é favorita contra EUA na Copa das Confederações

Equipes estreiam no torneio na África do Sul nesta segunda-feira a partir das 15h30 (horário de Brasília)

Agência Estado,

14 de junho de 2009 | 20h07

PRETORIA - A Itália estreia na Copa das Confederações com o favoritismo de quem é a atual campeã do mundo. Mas terá como adversário nesta segunda-feira, a partir das 15h30 (horário de Brasília), no Estádio Lotfus Versfeld, em Pretoria, uma seleção que não conseguiu vencer no Mundial de 2006: os Estados Unidos. O confronto terá acompanhamento online do estadao.com.br.

Veja também:

Copa das Confederações 2009 - tabela Classificação

Copa das Confederações 2009 - lista Calendário

especial Dê seu palpite no Bolão Vip do Limão

Na Copa de 2006, disputada na Alemanha, os italianos empataram com os Estados Unidos por 1 a 1, ainda na primeira fase da competição. Para chegar ao título mundial, a Itália venceu outros cincos e só voltou a empatar na final contra a França, quando ganhou na decisão por pênaltis.

A lembrança daquele jogo, três anos atrás, enche os norte-americanos de otimismo para o confronto desta segunda-feira. "Não faz parte do nosso pensamento entrar num torneio como esse apenas para participar. Nós estamos aqui na África do Sul para conquistar alguma coisa", afirmou o zagueiro dos EUA, Oguchi Onyewu.

Na Itália, o principal problema para o técnico Marcelo Lippi é o zagueiro Cannavaro. Contundido, o capitão ficará fora da partida desta segunda-feira. Seu substituto deverá ser Legrottaglie, mas ele está com fadiga muscular e pode perder a posição para Gamberini. No ataque, a dupla será formada por Iaquinta e Luca Toni.

"Este torneio vai servir para costurar o grupo já pensando no Mundial do próximo ano. Por isso, queremos chegar até a final", avisou o lateral Zambrotta, consciente de que a Itália precisa vencer os Estados Unidos para ficar em boa situação no Grupo B, que conta ainda com Brasil e Egito.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.