Itália: Genoa acusado de fraude

Denunciado por fraude, o Genoa pode ser punido com a perda da vaga para a Série A do Campeonato Italiano. O presidente do clube, Enrico Prezozi, seu filho Matteo e o diretor técnico Stefano Capozucca foram indiciados por ?colaborarem em uma fraude esportiva?, segundo comunicado divulgado neste domingo pela Federação Italiana de Futebol. O caso começa a ser julgado pela comissão disciplinar da entidade no próximo dia 26. A acusação surgiu depois de uma investigação sobre a vitória de 3 a 2 sobre o Venezia, que garantiu o acesso do Genoa para a Série A. O presidente do Venezia, Franco Dal Cin, o diretor Giuseppe Pagliara, e os jogadores do Venezia Massimo Borgobello e Martin Lejsal também foram indiciados. O empate de 2 a 2 do Genoa com o Piacenza também está sendo investigado. Segundo a imprensa italiana, as investigações em escuta telefônica envolvendo jogadores e dirigentes foi feita pela polícia. Se for considerado culpado, o Genoa permanecerá na Série B.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.