Informação para você ler, ouvir, assistir, dialogar e compartilhar!
Tenha acesso ilimitado
por R$0,30/dia!
(no plano anual de R$ 99,90)
R$ 0,30/DIA ASSINAR
No plano anual de R$ 99,90
Maurizio Degl Innocenti/EFE
Maurizio Degl Innocenti/EFE

Itália jogará contra a Argentina sem camisa 13, em homenagem a Astori

Azurra também homenageará o jogador com braceletes pretos, em sinal de luto, que serão utilizados pelos atletas

Estadão Conteúdo

22 de março de 2018 | 16h30

Quando a seleção italiana entrar em campo para encarar a Argentina, nesta sexta-feira, em Manchester, os 26 convocados pelo interino Luigi Di Biagio estarão vestindo camisas do número 1 ao 27, com apenas uma exceção. O número 13 será preservado, em homenagem a Davide Astori.

+ Sampaoli encaminha Argentina para amistoso e deve promover estreia de veterano

Morto no início do mês, o zagueiro tinha 31 anos e costumava utilizar a camisa 13 tanto na Fiorentina quanto pela seleção italiana, a qual representou em 14 oportunidades. Por isso, nenhum dos convocados quis ficar com seu número, em mais um tributo ao ex-companheiro.

A Itália também homenageará Astori com braceletes pretos, em sinal de luto, que serão utilizados pelos jogadores, e com camisas especiais. Antes do amistoso, ainda será respeitado um minuto de silêncio.

Astori estava dormindo na concentração da Fiorentina quando sofreu um ataque cardíaco e morreu, no dia 4 de março. A tendência é que ele também seja homenageado quando a Itália entrar em campo para encarar a Inglaterra, terça-feira que vem, em Wembley.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.