Itália: promotor é ameaçado de morte

O promotor Alberto Lari, que investiga a ação de grupos de apostadores clandestinos na Itália, recebeu nesta terça-feira uma carta-bomba. O pacote continha um detonador, sem explosivo, e foi inutilizado pela polícia. Lari é um dos responsáveis por apurar denúncias como a de que teria ocorrido acerto entre jogadores no empate entre Roma e Lazio (0 a 0), em maio deste ano, para beneficiar grupos interessados em fraudar resultados. O campeonato terá, nesta quarta, como destaque Roma, do goleiro Doni, e Inter, de Julio Cesar. Outras partidas: Empoli x Milan, Juventus x Sampdoria, Lazio x Chievo, Palermo x Lecce, Parma x Messina, Reggina x Treviso, Siena x Fiorentina, Cagliari x Livorno e Ascoli x Udinese.

Agencia Estado,

25 de outubro de 2005 | 19h53

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.