Itália sofre para vencer a fraca Malta nas eliminatórias

A Itália sofreu para vencer Malta por 2 x 0 pelo Grupo B das eliminatórias europeias para a Copa de 2014, na terça-feira, em Módena.

Reuters

11 de setembro de 2012 | 19h25

O atacante Mattia Destro abriu o placar logo aos 5 minutos, após hábil jogada de Claudio Marchisio, mas depois disso a equipe de Cesare Prandelli parou de criar e passou a ser vaiada pela torcida.

Alessandro Diamanti entrou no lugar de Lorenzo Insigne após o intervalo, e o time melhorou, mas só no último minuto a Azzurra ampliou, num gol contra de Andrew Cohen desviando cabeçada de Federico Peluso, após cobrança de escanteio.

"Neste momento o time não está jogando incrivelmente bem, sabemos que historicamente setembro é um mês particularmente difícil", disse Prandelli a jornalistas. "No entanto, precisamos redescobrir aquela certeza que tínhamos antes, o jogo, a ousadia, o entusiasmo, e no segundo tempo vimos um time bem mais ensaiado."

A Itália agora lidera com Grupo B com quatro pontos, ao lado da Bulgária, que venceu a Armênia por 1 x 0.

Tudo o que sabemos sobre:
FUTITALIAMALTA*

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.