Itália tenta recuperar forças para disputa do 3º lugar

A condição física dos jogadores tem sido uma das maiores preocupações do treinador

AE, Agência Estado

27 de junho de 2013 | 20h50

FORTALEZA - Depois de enfrentar uma dura batalha na semifinal contra a Espanha e sair derrotada nos pênaltis, a Itália busca agora recuperar as forças para a disputa do terceiro lugar da Copa das Confederações. O desafio será contra o Uruguai, domingo, a partir das 13 horas, na Arena Fonte Nova, em Salvador. E o técnico Cesare Prandelli sabe que terá dificuldades para ter os jogadores em boas condições físicas.

Desde o começo da Copa das Confederações, a condição física dos jogadores tem sido uma das maiores preocupações na seleção italiana. Para complicar a situação, Prandelli perdeu duas opções durante a competição, com a contusão do lateral Abate e do atacante Balotelli. E os italianos deixaram a Arena Castelão nesta quinta-feira, após a semifinal contra a Espanha, completamente esgotados.

"Temos que recuperar alguns jogadores com problemas físicos", admitiu Prandelli, após a semifinal desta quinta-feira em Fortaleza. Para equilibrar o jogo contra a poderosa Espanha, a seleção italiana correu muito e fez um grande esforço durante os 120 minutos. Um exemplo disso foi o zagueiro Chiellini, que se arrastava em campo no finalzinho da prorrogação por causa das cãibras.

"Acredito que estamos sem energia depois deste jogo. Estamos acabados. Fizemos uma marcação muito forte. Eu não quero mais ver uma bola hoje. Estamos muito cansados", revelou o lateral-direito Maggio, que foi titular diante da Espanha. "Sinto muito, conseguimos fazer uma partida maravilhosa. Mas temos agora a disputa pelo terceiro lugar. Vamos tentar fazer um pouco mais", completou o jogador.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.