Ciro Fusco/Efe
Ciro Fusco/Efe

Itália volta ao país após eliminação precoce na Copa

Jogadores da Azzura chegam abatidos e despercebidos a Roma depois de decepcionante participação no Mundial

AE, Agência Estado

26 de junho de 2010 | 12h42

A seleção italiana chegou ao país neste sábado em meio à indiferença e alguns insultos isolados, depois da sua precoce eliminação na Copa do Mundo da África do Sul, após terminar a sua participação em último lugar no Grupo F e sem nenhuma vitória.

Veja também:

especial CRONOLOGIA: Copa, dia a dia

tabela TABELA - Jogos | Classificação | Simulador

Os jogadores que chegaram ao Aeroporto Leonardo da Vinci, em Roma, passaram quase despercebidos. "Vergonha", gritou um pequeno grupo de torcedores, enquanto os atletas e o técnico Marcello Lippi deixavam o terminal. Outro grupo de jogadores viajou até o Aeroporto Mapensa, em Milão, onde ninguém os esperava pra protestar.

Depois de empates com Paraguai e Nova Zelândia, ambos por 1 a 1, a Itália foi eliminada do Mundial depois de perder por 3 a 2 para a Eslováquia na quinta-feira. Esta foi a primeira vez que a seleção italiana foi eliminada na primeira fase desde 1974.

 

 

 

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.