José Patrício/Estadão
José Patrício/Estadão

Itaquerão deve ter recorde em clássico na Libertadores

Expectativa é que na partida contra o São Paulo o Corinthians obtenha o seu maior público e, consequentemente, a maior renda

O Estado de S.Paulo

13 de fevereiro de 2015 | 06h30

Quatro setores do Itaquerão já estão com ingressos esgotados para o clássico de quarta-feira entre Corinthians e São Paulo, pela Libertadores. Sócios-torcedores do Alvinegro compraram todos os bilhetes disponíveis para os setores Norte, Sul, Leste Inferior e Leste Superior. Restam apenas entradas para o prédio Oeste, onde estão os assentos mais caros do estádio.

Os ingressos no setor Oeste custam a partir de R$ 250. Sócios do programa Fiel Torcedor, no entanto, podem adquirir as entradas com desconto a partir de R$ 150. As entradas mais caras saem por R$ 500, com serviço de buffet incluído.

A expectativa é que na partida contra o São Paulo o Corinthians obtenha o seu maior público e, consequentemente, a maior renda no Itaquerão. O recorde foi na última rodada do Campeonato Brasileiro do ano passado, diante do Criciúma, quando 38.044 pagantes garantiram uma renda acumulada de R$ 2.753.362,50. Na quarta-feira, a arrecadação pode superar R$ 4 milhões.


Por causa da alta procura por ingressos, é possível que as entradas se esgotem entre os associados do Fiel Torcedor. Assim, não haveria venda nas bilheterias para o chamada “torcedor comum”. Corinthians e São Paulo nunca se enfrentaram pela Libertadores.

O segundo jogo do Corinthians pela fase de grupos, contra o San Lorenzo, no dia 4 de março, será disputada com os portões fechados do Estádio Nuevo Gasómetro, na Argentina. O Corinthians foi notificado da punição imposta ao San Lorenzo pela Conmebol e, inclusive, publicou o comunicado da confederação no seu site. Com essa determinação, nem os torcedores do Alvinegro poderão comparecer ao Nuevo Gasómetro.

O San Lorenzo foi punido pela Conmebol por causa de agressão da sua torcida ao árbitro auxiliar na partida diante do River Plate, pela Recopa Sul-Americana. Um dos bandeirinhas foi atingido por uma pedra.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.