Itinerante, Palmeiras enfrenta o Juventus em Ribeirão Preto

Equipe do técnico Vanderlei Luxemburgo precisa da vitória para encostar nos líderes da competição

Juliano Costa, Jornal da Tarde

15 de fevereiro de 2008 | 20h52

O circo do Palmeiras itinerante chegou a Ribeirão Preto, para a partida contra o Juventus, neste sábado, às 16 horas, no Estádio Santa Cruz. O mando de campo é do clube da Mooca, mas o time de Vanderlei Luxemburgo já está bem escolado com os gramados do interior, por causa das reformas do Palestra Itália, que só fica pronto no fim do mês.Veja também: Classificação Calendário / ResultadosSó nas nove primeiras rodadas do Campeonato Paulista, o Palmeiras já acumula 3.806 quilômetros percorridos, com jogos em cidades como Rio Preto (a 454 km de São Paulo), Marília (438 km) e Bauru (376 km). Ribeirão Preto, local da partida, fica a 330 km. Para efeito de comparação, essa marca (3.806 km) é quase 60% maior do que toda a distância percorrida pela equipe durante o torneio inteiro do ano passado (2.482 km). "Nunca vi tanta viagem. Isso cansa", reclamou o volante Pierre. "Estamos com saudade de jogar em casa."A vontade do camisa 5 do Palmeiras só será saciada no dia 23, contra o Rio Preto, quando o Palestra Itália será reaberto, com novos vestiários e um gramado maior e melhor - passará de 104m x 75m para 110m x 75m, sendo mais amplo até que o do Morumbi, que tem 108 m x 72 m. Antes, o Palmeiras ainda enfrenta o Rio Claro, na casa do adversário, na próxima quinta-feira. "Parece desculpa, mas não é. Jogar em casa faz muita diferença", disse o técnico Vanderlei Luxemburgo. "O campo irregular e o calor do interior complicam bastante."  Juventus Marcelo; Vágner, Dedimar, Levi e Cazaroto; Vampeta, Naves, Valdo e Marcus Vinícius; Allan Dellon e Cadu. Técnico: Sérgio Soares  Palmeiras Marcos; Henrique, Dininho e David; Elder Granja, Pierre, Léo Lima, Diego Souza e Leandro; Valdivia e Alex Mineiro Técnico: Vanderlei Luxemburgo Árbitro: Paulo César de OliveiraEstádio: Santa Cruz, em Ribeirão Preto, SPRádio: Eldorado/ESPN - 700 AMTV: PPVHorário: 16 horasNa avaliação de jogadores e comissão técnica, o Palmeiras sofreu com gramado "duro demais" em Rio Preto, "fofo demais" em Piracicaba e encharcado em Marília e Santos. "E não é só isso: os vestiários geralmente são muito acanhados e isso atrapalha o trabalho", acrescentou Luxemburgo.A renda deste sábado fica com o Juventus, mas os outros jogos também não acrescentaram muita coisa ao Palmeiras. Exemplo: já descontadas as despesas operacionais e os 12% de aluguel ao América, dono do estádio de Rio Preto, o time levou R$ 150 mil do jogo contra o Guarani, na última rodada. No Palestra, a renda média é de R$ 300 mil.MAIS OBRAS O Palestra vai passar por mais reformas daqui a três meses. Tudo para transformar o estádio numa arena multiuso, para 52 mil pessoas. O projeto está em fase final de reavaliação, antes de ser submetido a novo crivo da prefeitura e aprovação do conselho. As obras devem terminar até 2010.

Tudo o que sabemos sobre:
Paulistão A-1PalmeirasJuventus

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.