Itu espera ansiosa pela chegada das seleções de Rússia e Japão

Hotel que abrigará os russos está sendo reformado para agradar ao time de Fabio Capello

Paulo Favero, O Estado de S.Paulo

25 de janeiro de 2014 | 16h00

SÃO PAULO - A expectativa é grande em Itu pela presença das seleções de

JEITINHO DO INTERIOR

Desde o primeiro momento a Rússia percebeu que se sentiria em casa em Itu. Fabio Capello, técnico da equipe, esteve lá para conhecer as instalações do San Raphael Country Hotel, mas em um primeiro momento a prioridade era da Alemanha. Com a desistência dos germânicos, os russos confirmaram Itu como sua base no País e o único pedido foi que as televisões dos quartos dos atletas tivessem um canal russo à disposição.

Everton Baptista, coordenador geral do hotel, conta que o estabelecimento está fazendo algumas reformas para receber melhor a seleção. “Queremos criar uma receptividade com característica do interior. A cidade de Itu está muito amadurecida no turismo e nós sabemos que é uma responsabilidade muito grande. Vamos abrir a nossa casa aos russos e tenho certeza de que eles vão adorar a estadia aqui.”

Já no centro da cidade, a intenção é que o local vire ponto de concentração de torcedores e que isso gere um faturamento maior para o comércio. Rafael Ramalho, proprietário da doceria Senzala, que fica em uma casa construída em 1878, acha que a Copa pode ser um momento de apresentar seus quitutes ao mundo. “Aqui ainda fazemos doce da maneira antiga, no tacho, com as mesmas receitas de décadas atrás. Acho que o movimento será grande nesse período.”

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.