Miguel Schincariol
Miguel Schincariol

Ituano aproveita as falhas da Ponte e Vadão perde a primeira

Time de Campinas desperdiça a chance de voltar ao 2.º lugar do Grupo B

Agência Estado

12 de fevereiro de 2014 | 21h50

CAMPINAS - Em uma das piores apresentações da Ponte Preta no Campeonato Paulista, o técnico Osvaldo Alvarez, o Vadão, conheceu a sua primeira derrota desde que foi contratado para substituir Sidney Moraes. Nesta quarta-feira, o Ituano dominou a partida do início ao fim e mereceu a vitória de virada por 3 a 1, no estádio Moisés Lucarelli, em Campinas, em duelo atrasado da primeira rodada.

Após as três vitórias seguidas - Corinthians, por 2 a 1, Comercial, por 1 a 0, e São Paulo, por 2 a 1 -, a Ponte Preta voltou a perder e estacionou nos 12 pontos, perdendo a chance de retomar a vice-liderança do Grupo B, que ficou com o São Bernardo. Já o Ituano tem a mesma pontuação que o time campineiro e está na segunda colocação do Grupo B, aumentando a vantagem sobre Audax, XV de Piracicaba e Corinthians. O líder é o Botafogo, com 13 pontos.

O JOGO

O primeiro tempo foi totalmente dominado pelo Ituano, que teve boas chances de abrir o placar, mas a Ponte Preta é quem marcou, aos 14 minutos. Ademir recebeu lançamento e caiu dentro da área após dividida com o zagueiro Anderson Salles. Alemão bateu o pênalti rasteiro no canto esquerdo e fez 1 a 0 para a equipe de Campinas.

Depois disso, os visitantes controlaram o jogo e quase empataram em cobrança de falta de Anderson Salles. A bola passou raspando o travessão, assim como chutes de Cristian e Paulinho.

Diferente do primeiro tempo, quando dominou e não conseguiu marcar, o Ituano voltou para a etapa final com o objetivo de virar o placar e não demorou muito para conseguir. Aos 8 minutos, Anderson Salles cobrou falta com perfeição e deixou tudo igual. Dois minutos depois, Rafael Silva recebeu lançamento nas costas dos zagueiros e tocou na saída de Daniel.

Perdida em campo, a Ponte Preta não conseguia oferecer perigo ao goleiro Vágner e acabou levando o terceiro aos 40 minutos. Fernando Bob e César falharam bisonhamente e a bola ficou nos pés de Rafael Silva, que chutou no cantinho do goleiro e deu números finais ao jogo.

Os dois times voltam a campo neste sábado, pela oitava rodada. A Ponte Preta enfrenta o Atlético Sorocaba, às 19h30, no estádio Walter Ribeiro, em Sorocaba, enquanto que o Ituano recebe o Bragantino, às 17 horas, no estádio Novelli Júnior, em Itu.

FICHA TÉCNICA

PONTE PRETA 1 x 3 ITUANO

PONTE PRETA - Daniel; Ferrugem, César, Diego Sacoman e Magal; Alef, Fernando Bob e Tchô (Bida); Ademir, Silvinho (Rossi) e Alemão. Técnico: Osvaldo Alvarez (Vadão).

ITUANO - Vagner; Dick, Alemão, Anderson Salles e Dener; Josa, Paulinho (Gercimar), Jackson Caucaia, Esquerdinha (Tulio Renan) e Cristian (Marcinho); Rafael Silva. Técnico: Doriva.

GOLS - Alemão (pênalti), aos 14 minutos do primeiro tempo; Anderson Salles, aos 8, e Rafael Silva, aos 10 e aos 40 minutos do segundo tempo.

CARTÕES AMARELOS - Fernando Bob, Alemão e Ferrugem (Ponte Preta); Alemão (Ituano).

ÁRBITRO - Vinícius Furlan.

RENDA E PÚBLICO - Não disponíveis.

LOCAL - Estádio Moisés Lucarelli, em Campinas (SP).

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.