Ituano arranca empate em Manaus

Pela 19ª rodada do Campeonato Brasileiro da Série B, o Ituano conseguiu o que queria na viagem à Manaus, onde enfrentou o São Raimundo no Estádio Vivaldão. O empate por 1 a 1 e o conseqüente ponto conquistado deixam o time paulista bem mais perto de uma vaga na próxima fase, uma vez que ainda terá dois jogos em casa. Com o resultado, o São Raimundo se manteve na 16ª colocação com 22 pontos, portanto, ainda ameaçado pelo rebaixamento. O Ituano recuperou a quinta colocação ao empatar com o Avaí com 32 pontos. O time paulista fica na frente pelo maior números de gols marcados. Pressionado para vencer e espantar o rebaixamento, o São Raimundo começou bem a partida. Em dez minutos teve três lances perigosos a seu favor. O bom momento foi coroado aos 15 minutos, quando o zagueiro André Leoni cometeu pênalti no atacante Nando. O a rtilheiro Delmo cobrou e chegou ao seu oitavo gol na competição. O gol tranqüilizou o time amazonense, que continuou jogando melhor, entretanto, sem ameaçar com a mesma força o gol de André Luiz. O Ituano, que foi ao Vivaldão pensando em ao menos um empate, teve que se colocar mais à frente para não sair derrotado. O técnico Leandro Campos, do Ituano, percebeu a dificuldade ofensiva no segundo tempo e apostou na entrada de Fernando Gaúcho no setor. O resultado foi o gol de empate aos 18 minutos, porém, marcado pelo zagueiro André Leoni, depois de confusão na área. Insatisfeito com o empate, o São Raimundo tentou voltar a pressionar. Leandro Campos reforçou a defesa e se preparou para segurar o resultado. A sorte também acabou ajudando e no auge da pressão o volante Doriva, dos donos da casa, acabou expulso. No fi nal, o empate foi comemorado pelos paulistas. Pela próxima rodada, o São Raimundo volta a jogar na próxima terça-feira, quando vai à Goiânia enfrentar o Vila Nova. O Ituano volta a jogar em casa, no estádio Novelli Júnior, onde recebe o Santa Cruz, na luta direta por uma das oito vagas na segunda fa se.

Agencia Estado,

28 Agosto 2004 | 19h56

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.