Ituano bate Ponte na despedida do técnico Ruy Scarpino

Em sua despedida do comando do Ituano, após acertar transferência para o ABC, o treinador Ruy Scarpino conseguiu tirar a equipe da zona de rebaixamento do Paulistão. Na noite desta quinta-feira, o time de Itu derrotou a Ponte Preta por 2 a 1, no Estádio Moisés Lucarelli, em Campinas, em jogo que marcou o encerramento da 15ª rodada do campeonato.

AE, Agência Estado

24 de março de 2011 | 23h17

Com a vitória fora de casa, o Ituano acabou com o jejum que já durava quatro rodadas e chegou aos 15 pontos, subindo para a 16ª posição. Mas terá agora de se virar sem Ruy Scarpino, que irá substituir Leandro Campos no ABC de Natal. Já a Ponte, mesmo com a derrota, segue no G8, a zona de classificação do Paulistão: está em sexto lugar, com 25 pontos.

Depois de um começo de jogo muito ruim, as duas equipes passaram a se preocupar com futebol apenas no final da primeira etapa. E a melhor chance de gol aconteceu para o time da casa. Aos 37 minutos, Tiago Luis arriscou de longe e carimbou o travessão do goleiro Marcelo Bonan. Na resposta, o Ituano não teve perdão: Jefferson abriu o placar aos 43.

No começo da segunda etapa, o Ituano resistiu à pressão da Ponte e conseguiu ampliar. Aos 11 minutos, Tiago Luis cobrou falta errada e a bola sobrou para Jefferson. O meia, então, arrancou para o ataque e cruzou rasteiro para Malaquias marcar. No final, o time da casa ainda conseguiu descontar com o gol de Tiago Luis aos 31, mas não teve forças para empatar.

As duas equipes voltam a campo no próximo domingo, pela 16ª rodada do Paulistão. Enquanto a Ponte Preta enfrenta o Paulista, novamente em Campinas, o Ituano joga contra o Santos, na reabertura do Estádio Novelli Júnior, que estava em reformas, em Itu.

FICHA TÉCNICA:

Ponte Preta 1 x 2 Ituano

Ponte Preta - Bruno (Gustavo); Eduardo Arroz, Leandro Silva, Ferron e João Paulo; Josimar, Lucas, Válber e Márcio Diogo (Rômulo); Tiago Luis e Ricardo de Jesus (Renan). Técnico - Gilson Kleina.

Ituano - Marcelo Bonan; Anderson Salles, Rodrigão, Jackson e Alex Cazumba; Júnior Urso, Adoniram (Johnattan Escobar), Alemão (Medina) e Jefferson; Leomir e Malaquias (Alan). Técnico - Ruy Scarpino.

Gols - Jefferson, aos 43 minutos do primeiro tempo; Malaquias, aos 11, e Tiago Luis, aos 43 minutos do segundo tempo.

Árbitro - Claudinei Forati Silva.

Cartões amarelos - Lucas, Válber, Josimar, Ferron, Eduardo Arroz, Alex Cazumba, Adoniram, Anderson Salles, Medina e Rodrigão.

Renda - R$ 20.838,00.

Público - 2.759 pagantes.

Local - Estádio Moisés Lucarelli, em Campinas.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.