Ituano estuda como parar Corinthians

Já na expectativa para a estréia no Superpaulistão, o Ituano parece ter encontrado uma fórmula diferente para surpreender o Corinthians, que se tornou o bicampeão da semana ao vencer o Torneio Rio-São Paulo e a Copa do Brasil. O técnico Ademir Fonseca acha que seu time, campeão paulista da temporada, deve ser "um raio para brecar esta ascensão corintiana". Só assim, o Ituano conseguiria parar o Corinthians de Carlos Alberto Parreira.Deste modo simples é que o técnico atendeu a imprensa após os treinos do time de Itu, nesta quinta-feira, no estádio Novelli Junior. Ele confessou que torceu pelo Corinthians "que seria um adversário mais difícil caso tivesse tropeçado em Brasília", na final com o Brasiliense.Mas ele demonstra conhecer bem de perto a força do adversário. "O Corinthians campeão, em primeiro ou em último lugar, é sempre um adversário difícil de ser batido. O apoio e a cobrança de sua torcida é que empurram o time".A escalação para o jogo, confirmado para as 16h, em Itu, com transmissão ao vivo pela televisão, para todo o Brasil, não terá nenhuma surpresa. Em relação ao time que venceu o América, por 1 a 0, em São José do Rio Preto, deve acontecer apenas a volta do volante Pierre, que cumpriu suspensão automática por causa de cartões amarelos. Richarlyson volta para o banco de reservas. O meia Juliano, emprestado pelo União São João, já treinou normalmente e deve ser opção do técnico.A carga de 18 mil ingressos foi colocada à venda nesta quinta-feira nas bilheterias do clube. A procura foi boa, mas existe a expectativa de um aumento considerável a partir de sexta-feira. A arquibancada custa R$ 10.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.