Ituano não pensa só em se defender

Nem alguns desfalques de última hora tiram a confiança do técnico Ruy Scarpino em garantir uma vaga para o Ituano na segunda fase da Copa do Brasil. Podendo perder para o Coritiba até por um gol de diferença, o técnico alerta seus jogadores para que não se preocupem somente em se defender. Ele acha impossível segurar um adversário forte e que precisa vencer durante 90 minutos. Pensando em alternativas, ele aproveitou os poucos treinamentos da semana para criar algumas jogadas ofensivas, principalmente de contra-ataque. O técnico só não esperava perder dois atacantes de uma só vez. Fernando Gaúcho vem se recuperando de uma lesão muscular na coxa direita, enquanto Jean Carlo sofreu um grave estiramento muscular no último jogo do time pelo Torneio da Morte paulista, no empate de 1 a 1 com o Botafogo, domingo em Itu, tanto que nem viajou com a delegação. "Perdi dois matadores de uma só vez. E seria importante ter esta possibilidade, porque um gol nosso complicará a vida deles", raciocina o técnico que ainda tem esperança de contar com Fernando Gaúcho, pelo menos, no banco de reservas. O atacante apenas participou de treinos leves nesta terça-feira pela manhã, na capital paranaense. E será testado no recreativo programado para esta quarta-feira cedo. Juliano, de 21 anos, deve começar jogando. Um desfalque certo é o volante Pierre, vetado pelo departamento médico com problemas no joelho. Independente dos jogadores que possam ser escalados, Scarpino vai manter o esquema tático 4-4-2, apostando bastante na versatilidade do seu meio-campo. Everaldo e Carlinhos se preocuparão mais com o sistema de marcação, auxiliados por Elson e Jakcson. Como venceu o primeiro jogo, por 2 a 0, o Ituano pode perder até por um gol de diferença para chegar à outra fase.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.