Ituano perde do Oeste em jogo com apagão em Itu

Temendo a ameaça do rebaixamento, Ituano e Oeste fizeram um jogo equilibrado, neste domingo à noite, no Estádio Novelli Júnior, em Itu, pela 14.ª rodada. E mesmo tendo um volume maior em campo, o Ituano tomou a virada nos últimos minutos do segundo tempo, perdendo por 2 a 1.

AE, Agência Estado

24 de março de 2013 | 20h57

O time de Itu continua com 13 pontos, em 15.º lugar, enquanto o Oeste atingiu os 18 pontos, no 10.º lugar, além de comemorar a sua primeira vitória fora de casa.

Com os dois times precisando da vitória, o jogo começou em alta velocidade. O Ituano, armado no 4-4-2, saiu na frente aos oito minutos. Tiago Bezerra ganhou a dividida contra dois adversários e bateu na bola, dentro da grande área, no alto. Um belo gol.

O Oeste, porém, manteve seu ritmo, mesmo armado no 3-5-2 e buscou o empate, que saiu no pênalti sofrido por Serginho. Ele recebeu um carrinho infantil do zagueiro Cléber. Na cobrança, Serginho bateu com categoria, mas sua cobrança foi anulada porque Fernandes teria invadido a área. Na segunda batida, porém, Serginho foi melhor ainda, mandando a bola no ângulo esquerdo do goleiro Vagner, que nada pôde fazer, aos 23 minutos.

No segundo tempo, o Oeste voltou com Paulo Vitor no lugar do zagueiro Everton, que saiu machucado. E o time deu mostras de que ia mesmo ficar na defesa para tentar surpreender nos contra-ataques. O Ituano, ao contrário, sempre buscou o ataque. O técnico Roberto Fonseca tentou ganhar força ofensiva ao colocar o atacante Adaílton no lugar do volante Paulinho e depois o garoto Kleison na vaga de Marinho.

Quando o Ituano fazia pressão houve falta de energia elétrica devido ao mau tempo. O jogo ficou paralisado por 15 minutos. Depois disso, apesar do esforço, o Ituano não chegou ao esperado segundo gol, mesmo porque os últimos minutos foram disputados debaixo de uma forte chuva. E quem se aproveitou foi o Oeste. Após um chute de Wanderson, o goleiro Vagner rebateu e Serginho pegou de primeira com o pé direito, marcando o segundo gol aos 57 minutos.

No meio de semana, pela 15.ª rodada, os dois times voltam a campo. Na quarta-feira, o Ituano vai até Bragança Paulista para enfrentar o Bragantino, a partir das 19h30. Na quinta-feira, às 21 horas, o Oeste fecha a rodada diante do Guarani.

FICHA TÉCNICA:

ITUANO 1 X 2 OESTE

ITUANO - Vagner; Leandro Silva, Cléber, Vitor Hugo e Patrick; Marcinho Guerreiro, Cambará, Paulinho (Adaílton) e Kleiton Domingues; Tiago Bezerra (Marcão) e Marinho (Kleison). Técnico - Roberto Fonseca.

OESTE - Jaílson; Everton (Paulo Vitor), Dezinho e Ligger; Dedé, Leandro Teixeira, Hudson, Wanderson (Luiz Paulo) e Fernandes; Lelê (Jefferson) e Serginho. Técnico - Roberto Cavalo.

GOLS - Tiago Bezerra, aos 8, e Serginho, aos 23 minutos do primeiro tempo. Serginho, aos 57 minutos do segundo tempo.

ÁRBITRO - Flávio Rodrigues de Souza.

CARTÕES AMARELOS - Hudson, Leandro Teixeira e Fernandes (Oeste). Paulinho (Ituano).

RENDA - R$ 18.380,00.

PÚBLICO - 755 pagantes.

LOCAL - Estádio Novelli Júnior, em Itu (SP).

Tudo o que sabemos sobre:
futebolItuanoOestePaulistão

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.