Ituano quer sua torcida no estádio

Com o privilégio de decidir uma vaga no quadrangular final da Série B do Campeonato Brasileiro em casa, o Ituano quer tirar proveito da vantagem. Com uma média de público de cerca 900 pagantes em jogos realizados no estádio "Novelli Júnior", clube e imprensa trabalham para que o retrospecto mude no próximo sábado à tarde, contra o Fortaleza, pela rodada decisiva desta fase semifinal. "É em uma hora como esta que os torcedores precisam apoiar. A classificação pode acontecer muito com a ajuda deles e estamos bastante confiantes num bom público. Chegou a hora do torcedor em Itu", decretou o supervisor de futebol, Homero Santarelli. Além de mensagens de incentivo pelos meios de comunicação, a campanha pretende contar com apoio dos empresários da cidade. A intenção é fazer preços promocionais dos ingressos para que sejam vendidos em grande quantidade e distribuídos entre os funcionários das empresas. A expectativa é de levar de seis a oito mil torcedores ao estádio. Em relação ao time, o técnico Leandro Campos ainda não começou a "costurar" a equipe titular para o jogo. Ele tem nada a menos do que seis desfalques por suspensão para resolver os substitutos. Nesta terça-feira, ele deu folga aos jogadores que participaram do jogo contra o Corinthians, pela Copa Federação, na segunda-feira e somente na quarta-feira começa a pensar nas mudanças. O Ituano ocupa a liderança do indefinido Grupo A desta fase semifinal da Série B, com oito pontos. Uma vitória ou um empate com o Fortaleza, que é o quarto colocado, com cinco pontos, garantem a vaga. Brasiliense, segundo colocado, e Santa Cruz, terceiro, decidem a outra vaga, em Taguatinga, no Distrito Federal.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.