Ituano reclama de antecipação de jogo

Inconformado com a antecipação de seu jogo com o Santa Cruz para sexta-feira à noite, a direção do Ituano está protestando junto à CBF e à FBA - Futebol Brasil Associados - que agrega os clubes do Campeonato Brasileiro da Série B. Para evitar desgaste físico de seus jogadores, os dirigentes estão exigindo um vôo fretado para Recife. A reclamação foi gerada por vários motivos. Um deles é que o clube só foi avisado da mudança na segunda-feira à noite, quando então já tinha pronta a sua programação semanal. O vôo disponibilizado pela FBA não é direto, como estava inicialmente previsto com saída às 8 horas do Aeroporto de Viracopos, em Campinas, distante 25 quilômetros de Itu, e chegada prevista para o meio dia na capital Pernambucana. "Iríamos almoçar e à tarde fazer um recreativo", diz, na bronca, o supervisor Homero Santarelli. A FBA lhe ofereceu um vôo na quinta-feira, com saída às 10:55 do Aeroporto de Cumbica e chegada às 16 horas em Recife. "Para embarcar neste horário precisamos deixar Itu às 7 horas. Além disso, vai prejudicar o almoço e não poderemos fazer o rachão", completa Santarelli. O clube recebe por jogo 26 passagens da Varig e paga o excedente, em torno de meia dúzia. Outro problema aéreo está na volta, uma vez que a delegação deixará Recife sábado às 16h30, com chegada prevista para Itu à 1h30 de domingo. "Vamos perder mais dois dias com a volta, porque os jogadores precisarão descansar", garante Homero. Depois de perder para o Brasiliense, por 2 a 0, sábado, em Taguatinga, a semana começou com protesto para o Ituano, que pretende vetar o Estádio Serejão, também conhecido como Boca do Jacaré, por atitude anti-desportiva de sua torcida. Além da pressão sofrida pela delegação paulista, segundo seus dirigentes, o lateral Lima quase foi atingido por uma garrafada após o jogo quando dava entrevista. À parte os problemas, o técnico Leandro Campos espera pela recuperação do meia Jackson, machucado, mas poderá escalar o lateral Ricardo Lopes, que cumpriu suspensão automática. A baixa será o zagueiro Diguinho, suspenso com três cartões amarelos. O time pode ser definido após o coletivo previsto para esta quarta-feira à tarde. O Ituano tem sete pontos dentro do Grupo A, ocupando a segunda posição. E briga por uma das duas vagas no quadrangular final.O Brasiliense também tem sete, o Santa Cruz cinco e o Fortaleza apenas dois.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.