Valentyn Ogirenko/Reuters
Valentyn Ogirenko/Reuters

Já classificado, Arsenal poupa titulares e vence na Ucrânia pela Liga Europa

Com gols no primeiro tempo, time londrino faz 3 a 0 no Vorskla e elimina time ucraniano fora de casa

Estadão Conteúdo

29 de novembro de 2018 | 17h58

Já classificado à próxima fase da Liga Europa, o Arsenal se deu ao luxo de enfrentar o Vorskla nesta quinta-feira, na Ucrânia, com uma equipe repleta de reservas. Mesmo assim, os ingleses não tomaram conhecimento do adversário, atropelaram por 3 a 0 e mantiveram com folga a liderança do Grupo E.

O resultado levou o time londrino a 13 pontos, enquanto o Vorskla parou nos três e está eliminado, assim como o Qarabag, que recebeu o Sporting nesta quinta e foi goleado por 6 a 1. Bruno Fernandes, com três gols, foi o destaque da vitória dos portugueses, que foram a 10 pontos e também estão classificados.

Mesmo atuando fora de casa, o Arsenal tomou o controle da partida e abriu o placar logo aos 10 minutos. Após bela tabela pela direita, o brasileiro Artur tentou tirar, mas acabou ajeitando para Smith-Rowe, que bateu para o gol vazio. Ramsey, de pênalti, ampliou para os visitantes aos 26.

Ainda no primeiro tempo, o Arsenal chegou ao terceiro gol, que definiu o placar. Joseph Willock recebeu pela esquerda, encontrou o espaço e bateu colocado, sem chances para o goleiro. A partir daí, foi só administrar o resultado diante de um Vorskla sem reação.

No Grupo D, a situação também está resolvida. Já classificado, o Dínamo Zagreb visitou o Fenerbahçe e ficou no empate por 0 a 0, resultado que também garantiu os turcos na próxima fase. Anderlecht e Spartak Trnava também não saíram do zero, na Bélgica, e estão fora da competição.

Pelo Grupo C, o Zenit se classificou nesta quinta-feira ao derrotar o Copenhague por 1 a 0, em casa, chegando aos 13 pontos. Já o Bordeaux recebeu o Slavia Praga, venceu por 2 a 0 e segue sonhando com a vaga. O time francês é o lanterna, com quatro pontos, enquanto o Slavia tem sete e o Copenhague, cinco.

 

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.