Já garantida na Eurocopa, Inglaterra convoca dois e tem Rooney como dúvida

A Inglaterra terá apenas de cumprir tabela nas duas rodadas finais da fase de grupos das Eliminatórias da Europa de 2016. Com oito vitórias em oito jogos disputados até aqui, os ingleses recebem a Estônia nesta sexta-feira, em Londres, e depois fecham campanha contra a Lituânia, na segunda, fora de casa.

Estadão Conteúdo

07 de outubro de 2015 | 10h45

Disparada na ponta do Grupo E do qualificatório europeu, a seleção comandada por Roy Hodgson, porém, espera dar continuidade ao papel bonito que vem desempenhando até aqui e terá novidades em campo a partir desta sexta. Sem poder contar com o defensor John Stones, do Everton, cortado por motivo de lesão na última terça, o treinador resolveu convocar o lateral Kyle Walker, do Tottenham, como substituto.

O comandante também chamou de última hora o atacante Andros Townsend, que acabou sendo lembrando em um momento em que Wayne Rooney, estrela do Manchester e grande nome do ataque inglês, é dúvida para o duelo diante dos estonianos.

Além de Rooney, o meio-campista Jonjo Shelvey e o atacante Danny Ings, também com problemas físicos, ficaram fora do treino que a seleção nacional realizou nesta quarta. Stones, por sua vez, acabou sendo descartado dos compromissos finais das Eliminatórias da Eurocopa após ficar fora das duas últimas partidas do Everton. Ele se tornou desfalque depois de lesionar o joelho no dia 22 de setembro, em partida válida pela Copa da Liga Inglesa.

Decepção na Copa do Mundo de 2014, quando foi eliminada já na primeira fase no Brasil, a Inglaterra é uma das cinco seleções com vaga já assegurada na Eurocopa de 2016. As outras são a França (país-sede), Islândia, República Checa e Áustria.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.