Fábio Leoni/ Ponte Press
Fábio Leoni/ Ponte Press

Já rebaixada, Ponte Preta busca motivação para evitar nova derrota na despedida

Time de Campinas apenas cumpre tabela na última rodada do Campeonato Brasileiro

Estadao Conteudo

03 de dezembro de 2017 | 09h46

A Ponte Preta apenas cumpre tabela na 38.ª e última rodada do Campeonato Brasileiro. Já rebaixado para a Série B, o time de Campinas (SP) se despede da elite neste domingo, quando enfrenta o Vasco, às 17 horas, no estádio de São Januário, no Rio de Janeiro. O técnico Eduardo Baptista não definiu quem serão os 11 titulares, mas deve manter a mesma base dos últimos jogos.

+ Vasco enfrenta Ponte Preta buscando classificação 'sem sofrimento' à Libertadores

"Chegamos até agora juntos e vamos sair da competição juntos", justificou o técnico, que só deve promover uma mudança em relação ao time que perdeu para o Vitória por 3 a 2, na última rodada.

Expulso infantilmente, o zagueiro Rodrigo cumpre suspensão automática. O jogador de 37 anos, porém, foi liberado pela diretoria dos treinamentos ao longo da semana e deve ter o seu contrato - com duração até dezembro de 2018 - rescindido. Marllon, pretendido pelo Corinthians, vai entrar na defesa. Já o atacante Emerson Sheik não está nos planos da comissão técnica e, lesionado, sequer viajou para o Rio de Janeiro.

A principal dúvida de Eduardo Baptista é no aproveitamento ou não de Danilo Barcelos. O lateral-esquerdo, que vinha atuando como meia, está gripado e será melhor avaliado pelo departamento médico. Se não jogar, o meia Renato Cajá deve ser o substituto. O volante Naldo cumpriu suspensão contra o Vitória e fica como opção no banco de reservas.

"Vamos manter o grupo que se dedicou bastante nos últimos jogos e que, infelizmente, por algumas circunstâncias não deu certo", afirmou o treinador, que no início desta semana acertou a sua permanência para a próxima temporada.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.