Alex Silva/AE - 4/8/2011
Alex Silva/AE - 4/8/2011

Já tem goleiro fazendo mais gols que Rogério Ceni

SÃO PAULO - A aposentadoria parece algo cada vez mais real para o goleiro Rogério Ceni, do São Paulo. Tanto que até o posto de goleiro-artilheiro, que o consagrou mundialmente, ele perdeu no último Campeonato Brasileiro, após 14 anos desde seu primeiro gol como profissional.

Daniel Batista - Jornal da Tarde,

29 de dezembro de 2011 | 11h10

O responsável pela façanha é Márcio, do Atlético-GO, um fã do goleiro são-paulino que balançou as redes adversárias por três vezes, enquanto sua fonte inspiradora fez apenas dois.

Aliás, foi por causa da idolatria pelo rival mais famoso, que o goleiro atleticano, apelidado pela torcida do Dragão de Rogério Ceni do Cerrado, passou a treinar cobranças de faltas. Mas o paradoxal é que no mesmo ano em que perdeu o posto de goleiro-artilheiro do Brasileiro, o são-paulino entrou para a história do futebol mundial ao marcar seu centésimo gol e ainda completou a marca de mil jogos pelo clube.

Desde que marcou seu primeiro gol como profissional, em 1997, contra o União São João, Rogério passou em branco no Brasileiro em apenas duas edições, 1998 e 2001, mas nenhum outro goleiro fez gol. De 97 para cá, outros cinco goleiros, além de Márcio, haviam feito gols, mas nenhum ameaçou a supremacia do são-paulino. São eles: Viáfara (Vitória), Bruno (Flamengo), Saja (Grêmio), Eduardo (Atlético-MG) e Lauro (Ponte Preta). Mas no geral Rogério ainda domina. Ele já fez 103 gols, sendo quatro neste ano.

Tudo o que sabemos sobre:
Rogério CeniSão Paulo

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.