Maílson Santana/Fluminense FC
Maílson Santana/Fluminense FC

Jadson admite falhas de finalização no Flu e cobra vitória sobre o Bahia

Volante promete time 'correndo por 90 minutos' no jogo contra o Bahia

Estadão Conteúdo

21 de novembro de 2018 | 17h06

Faltando apenas três rodadas para o fim do Brasileirão, o Fluminense ainda se esforça para permanecer na primeira divisão. O time carioca precisa de pelo menos uma vitória para garantir a vaga na Série A de 2019. E esse triunfo, para o volante Jadson, deve vir nesta quinta na partida contra o Bahia, na Arena Fonte Nova, em Salvador, pela 36ª rodada.

"Precisamos de uma vitória para sair desta situação difícil. O que todos podem esperar da gente é um time que vai competir os 90 minutos para buscar esta vitória. Precisamos sair de lá com um resultado bom", projetou o jogador, nesta quarta-feira.

Para tanto, Jadson quer ver a equipe melhorando o aproveitamento nas finalizações. "Temos pecado e não temos conseguido escolher a melhor maneira de finalizar as jogadas. Precisamos trabalhar, todo o time, para conseguir colocar a bola na rede. Precisamos fazer um bom jogo, transformar nossas oportunidades em gols, sair de lá tranquilos."

Com 42 pontos, o Fluminense ocupa o 13º lugar da tabela do Brasileirão. Está, assim, cinco pontos acima do América-MG, primeiro time dentro da zona de rebaixamento. Contra o Bahia, que tem 44 pontos e chances ainda mais remotas de queda, o Flu terá sua melhor chance de vencer e se garantir na primeira divisão. Isso porque na rodada seguinte o duelo será contra o Internacional, que ainda briga pelo título. E, no último jogo, o confronto será justamente com o América-MG.

Ao mesmo tempo, fora de campo, o Fluminense vive situação complicada. Há atrasos em salários e direitos de imagem dos jogadores. Jadson, contudo, assegura que estas preocupações não afetarão o rendimento da equipe nesta quinta.

"O que nós jogadores controlamos é dentro de campo. Fora, nós não temos controle. Temos tido dificuldades dentro de campo para conseguir os pontos necessários, mas nós passamos por momentos difíceis esse ano e demos a volta por cima. Dentro de campo, estamos procurando resolver nossos problemas, nos mantendo unidos para passar por esta fase incômoda juntos", afirmou.

 

 

Tudo o que sabemos sobre:
futebolFluminense

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.