Daniel Augusto Jr. / Ag. Corinthians
Daniel Augusto Jr. / Ag. Corinthians

Jadson admite faltar um pouco 'de sintonia' com Sornoza no meio-campo do Corinthians

Jogador também despistou sobre a escalação da equipe para o clássico de quarta-feira com o Santos

João Prata, O Estado de S.Paulo

11 de junho de 2019 | 16h16

O meia Jadson concedeu entrevista coletiva nesta terça-feira no CT do Corinthians, mas não deu pistas sobre o time que entrará em campo no clássico com o Santos, quarta-feira, pela nona rodada do Campeonato Brasileiro.

O técnico Fábio Carille disse na segunda-feira à noite, em evento realizado no Parque São Jorge, que o zagueiro Bruno Méndez atuará improvisado na lateral-direita, já que Michel Macedo sofreu uma lesão muscular na coxa direita. Mas não informou se Vagner Love será relacionado. Jadson também despistou.

"Alguns jogadores importantes foram para a Seleção (Cássio e Fagner; Mateus Vital e Pedrinho). Ainda não sei se o Love vai para o jogo ou não, não fiquei sabendo de nada. Mas o Bruno Méndez (substituto de Michel) vem treinando bem. Apesar de ser zagueiro e ter entrado como lateral, conseguiu ajudar. Na quarta, contando com a ajuda de todos, vai se dar muito bem. Só falta um pouco de ritmo de jogo", afirmou.

Apesar da eliminação para o Flamengo, no Maracanã, nas oitavas da Copa do Brasil, o Corinthians vem de uma sequência no Campeonato Brasileiro de quatro jogos sem sofrer gols. "A equipe vem crescendo. Temos a oportunidade de encostar no grupo de cima", apontou Jadson.

Em relação a abertura da janela de transferência, em julho, Jadson assegurou que não recebeu propostas de clubes europeus. E em seguida, comentou sobre a necessidade de atuar mais pelos lados do campo, quando joga junto com Sornoza. 

"O Carille dá liberdade para flutuar, posso me movimentar, ele vem treinando pra quando a equipe não estiver completa em todas as posições, conseguir movimentar e balançar. A gente vem trabalhando isso. Ainda falta um pouco de sintonia entre nós dois. É claro que a equipe precisa ganhar entrosamento, saber como jogar dessa maneira, mas estou feliz com essa sequência."

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.