Jadson celebra volta ao time e projeta dupla com Ganso

De melhor jogador da equipe no começo do ano a reserva, Jadson parece ter reagido sob a batuta de Muricy Ramalho. Nos dois jogos com o treinador no comando, conseguiu ser mais intenso e objetivo do que nos dois meses em que Paulo Autuori permaneceu no Morumbi. Contra a Ponte entrou no decorrer do jogo e em poucos minutos deu lindo passe que Luis Fabiano finalizou nas mãos de Roberto; no duelo contra o Vasco deu a assistência para o gol de Rodrigo Caio e iniciou a jogada que resultou no tento de Antonio Carlos.

FERNANDO FARO, Agência Estado

17 de setembro de 2013 | 09h04

Os dois bons jogos dão um sopro de esperança ao camisa 10, que passou maus bocados e foi vaiado em alguns jogos. Ele admite a queda e até a vê como algo natural, mas agora ele espera retomar definitivamente seu lugar na equipe e ajudar o time tricolor a se afastar das últimas posições.

"Passei por um momento que, comparado como o começo do ano, não estava da mesma forma. Vinha treinando forte com o Paulo mas acabou que não consegui fazer bons jogos e o Muricy é um técnico que dá oportunidade a todos e observa, por isso estou dando meu melhor porque sei que a concorrência é grande", disse o meia ao jornal ''O Estado de S. Paulo''.

A exemplo do que já aconteceu outras vezes, Jadson e Ganso estiveram lado a lado no último jogo e agradaram; a dúvida agora é saber se o time conseguirá se manter competitivo com os dois em campo. No que depender de Jadson, Muricy terá um ótimo problema para resolver. Para ele, se ambos tiverem confiança, a equipe são-paulina pode sim ter dois meias.

"Eu e o Ganso, junto com o Maicon e o Rodrigo Caio, conseguimos controlar o jogo e conseguimos uma vitória importante. Isso dá confiança para mim e para o Ganso e pelo que ouvi ele (Muricy) deu moral para a gente e temos tudo para fazermos bons jogos e ajudarmos a equipe", completou Jadson.

Tudo o que sabemos sobre:
futebolSão Paulo FCBrasileirão

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.