Daniel Augusto Jr. / Ag. Corinthians
Daniel Augusto Jr. / Ag. Corinthians

Jadson destaca parceria com Love no Corinthians: 'A gente se entende no olhar'

Meio-campista deu assistência para centroavante abrir o placar na vitória sobre o Athletico-PR por 2 a 0

João Prata, O Estado de S.Paulo

20 de maio de 2019 | 04h30

O meia Jadson voltou a ganhar uma chance no time titular do Corinthians na vitória sobre o Athletico-PR por 2 a 0, fora de casa, pela quinta rodada do Campeonato Brasileiro. O jogador aproveitou a oportunidade e deu assistência para o gol de Vagner Love, o primeiro da partida. 

Depois da partida, o ex-atleta do time paranaense destacou o entrosamento com o centroavante. "Jogar com o Love facilita. A gente se entende no olhar. Claro que não vai acertar todas, mas a gente consegue uma ou outra", afirmou.

Os dois atuaram juntos pelo Corinthians em 2015 e foram campeões brasileiro. Na atual temporada, eles ficaram mais na reserva do que entre os titulares. Love começou pela primeira vez na temporada uma partida como centroavante. 

Ele aproveitou a má fase de Boselli e a falta de ritmo de Gustagol para atuar da maneira que mais gosta. Gustagol se recuperou de lesão recentemente e entrou no segundo tempo do jogo na Arena da Baixada - foi sua estreia no Campeonato Brasileiro, o primeiro jogo desde que se lesionou ainda na final do Campeonato Paulista.

Jadson também admitiu que o Corinthians não fez uma boa partida e precisa evoluir ofensivamente. "A gente tem de melhorar logo, mas pela vitória foi importante para dar confiança e trabalhar tranquilo durante a semana", disse.

O Corinthians não vencia havia três jogos. Nesta segunda-feira começará a se preparar para a partida de quinta-feira contra o Deportivo Lara, na arena em Itaquera, pela segunda rodada da Copa Sul-Americana. Carille deverá fazer mistério na escalação e não revelará se poupará alguns titulares já que no domingo tem o clássico com o São Paulo, em casa, pela sexta rodada do Brasileirão. 

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.