Daniel Augusto Jr. / Ag. Corinthians
Daniel Augusto Jr. / Ag. Corinthians

Jadson espera repetir gol que garantiu vaga ao Corinthians contra Chapecoense

Meia marcou de falta na Arena Condá em 2018 e levou o time alvinegro às semifinais da Copa do Brasil

João Prata, O Estado de S.Paulo

17 de abril de 2019 | 11h30

O meia Jadson pediu uma sequência como titular do Corinthians para readquirir ritmo de jogo. Depois de atuação discreta no clássico com o São Paulo, domingo, no Morumbi, o jogador espera repetir contra a Chapecoense nesta quarta-feira a boa apresentação que teve na Arena Condá pela Copa do Brasil no ano passado.

As equipes se enfrentaram pelas quartas de final do torneio de 2018. A diferença é que o Corinthians visitou a equipe catarinense no jogo de volta. Após ter vencido em Itaquera por 1 a 0 na primeira partida, o time paulista conseguiu nova vitória magra graças a um gol de Jadson. O meia cobrou falta aos 39 minutos do segundo tempo e mandou a bola para as redes.

"Fico feliz pela confiança do Carille. Vou continuar trabalhando para conquistar meu espaço novamente. Quem sabe repetir esse gol de falta", comentou o jogador. Jadson disse que ainda não sabia se começaria entre os titulares. Após o duelo com o São Paulo, ele disse que estava sentindo a falta de ritmo.

"Estava um tempo sem atuar. Foram três jogos que não entrei. Treinamento é diferente de jogo. O ritmo é importante. Claro que acaba pesando estar retornando. Mas vou me preparar da melhor maneira."  

Jadson perdeu espaço entre os titulares depois de uma lesão nos dois joelhos. Nesse período, Sornoza ganhou a vaga e o Corinthians também embalou no Campeonato Paulista. O jogador voltou a entrar em algumas partidas no segundo tempo e ganhou a vaga novamente no clássico com o São Paulo.

Carille disse que vê os dois como jogadores para fazer a armação das jogadas, mas com estilos diferentes. O Jadson, segundo o treinador, participa mais da partida e sabe atuar mais recebendo a bola de costas para os defensores. Sornoza é aquele jogador que espera mais a bola no pé e dá assistências.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.