Daniel Augusto Jr/Agência Corinthians
Daniel Augusto Jr/Agência Corinthians

Jadson fica fora de treino com bola do Corinthians, mas corre em volta do gramado

Meia está recuperado de edema na panturrilha direita, mas foi poupado de atividade com bola nesta terça

João Prata, O Estado de S.Paulo

30 Outubro 2018 | 18h11

O meia Jadson realizou nesta terça-feira um trabalho na academia e depois correu em volta do gramado. A expectativa é que ele volte a treinar com o restante do elenco na quarta e esteja apto para o jogo do Corinthians contra o Botafogo, domingo, às 16h, no Engenhão, pela 32ª rodada do Campeonato Brasileiro.

O jogador está recuperado de um edema na panturrilha direita, sofrido na última semana. Por conta do problema, ficou de fora da partida contra o Bahia no sábado. O médico Joaquim Grava informou na seguda-feira que ele está clinicamente recuperado e a escalação depende do técnico Jair Ventura.

O treinador, no entanto, trabalha com calma para contar com Jadson. Nesta terça, Jair poupou Jadson do trabalho com bola. E como o Corinthians só joga no fim de semana, Jair também não deu pistas da formação que mandará a campo.

As principais dúvidas estão no setor ofensivo. Roger e Clayson voltam após cumprir suspensão. A tendência é que o primeiro tenha uma nova chance entre os titulares. Isso porque no jogo que recebeu o terceiro cartão amarelo o centroavante marcou um dos gols do empate por 2 a 2 com o Vitória. 

Se optar por Roger, Danilo deve ficar como opção para o segundo tempo. O meia vem de boa atuação contra o Bahia, ao marcar os dois gols da vitória por 2 a 1. Em entrevista coletiva nesta terça, o veterano de 39 anos falou sobre o atual momento do time e a expectativa para os sete jogos que restam no Brasileirão.

"Não podemos ficar projetando. Vencemos um jogo importante, que se a gente perdesse poderia nos deixar a apenas dois pontos do rebaixamento. Agora tem outro jogo importante contra um time forte que é o Botafogo. Temos que ir jogo a jogo. Pensar em vencer três jogos em sequência e pensar grande nesta reta final", comentou.

No treino desta terça-feira, Danilo trabalhou normalmente e Emerson Sheik, o outro veterano do elenco, que vem de quatro jogos em seguida como titular, foi poupado. Jair realizou primeiro um trabalho de aquecimento. Na sequência aconteceu uma atividade técnica de troca de passes. Por fim, dividiu o elenco em quatro times aleatoriamente e colocou as equipes para jogar uma com as outras em campo reduzido. A cada 15 minutos, mudava o confronto, mas sem projetar qualquer tipo de escalação. 

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.