Daniel Teixeira/Estadão
Daniel Teixeira/Estadão

Jadson lamenta maratona de jogos, mas vê São Paulo preparado

Sequência dá chance para equipe se recuperar e escapar da Zona de Rebaixamento

FERNANDO FARO, Agência Estado

28 de agosto de 2013 | 12h46

SÃO PAULO - Depois de duas semanas livres para treinamentos, o São Paulo se prepara para uma verdadeira maratona na próxima semana. Após a partida contra o Botafogo no domingo, pela 17.ª rodada do Campeonato Brasileiro, no Morumbi, o time encara o Náutico na terça-feira, em Recife, em jogo adiado da 10.ª rodada, antes de na quinta receber o Criciúma e no domingo ir ao Couto Pereira enfrentar o Coritiba.

A sequência é vista pelo elenco são-paulino como chance de escapar definitivamente da zona de rebaixamento - o time tricolor está em 17º lugar, com 14 pontos -, mas para isso precisará somar pontos em praticamente todos os jogos. Os jogadores admitem a dificuldade, mas esperam passar ilesos pela sequência.

"O Paulo (Autuori) conversou com a gente e viu que a tabela ficou complicada, mas nossa situação não é boa e precisamos das vitórias. Ele vai precisar de todo mundo e felizmente não temos quase ninguém no departamento médico, isso é importante para os jogos. Acho que ele vai fazer uma mescla, não sei, mas é bom que estejamos todos preparados", disse o meia Jadson.

O time já terá dificuldades no primeiro jogo graças às suspensões de Luis Fabiano e Aloísio. Como Ademilson ainda é dúvida e Welliton, novo reforço, não foi regularizado, apenas Osvaldo, Negueba e Silvinho estão disponíveis para montar o ataque. A situação fez o próprio Jadson se confundir na entrevista e provocar risos nos jornalistas.

"São perdas grandes, mas temos outros jogadores de velocidade. Tem o Osvaldo... temos outros jogadores... tem o Osvaldo, né? (risos) Mas o Paulo conhece o elenco e vai encontrar as soluções para montar o time", disse o meia.

O São Paulo volta a treinar na tarde desta quarta-feira em atividade fechada para a imprensa. Autuori ainda não deu pistas de como pretende armar o ataque para o jogo contra o Botafogo.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.