Daniel Teixeira/Estadão
Daniel Teixeira/Estadão

Jadson pede para não ser poupado no Corinthians

Meia quer enfrentar San Lorenzo e Palmeiras

Raphael Ramos, O Estado de S.Paulo

15 de abril de 2015 | 07h01

Tite define nesta quarta-feira, em treino no Itaquerão, os jogadores do Corinthians que enfrentarão o San Lorenzo, quinta-feira, pela Libertadores. Como no domingo a equipe joga contra o Palmeiras, pela semifinal do Campeonato Paulista, o treinador pode montar duas escalações diferentes nos dois jogos porque o intervalo entre as partidas é de apenas três dias.

Jadson, no entanto, já se colocou à disposição para atuar nos dois jogos. “Todo jogador gosta de jogar decisões, jogos difíceis. Desde o começo do ano, estamos mantendo a regularidade. Todos querem bater nossa equipe no momento. Temos de manter os pés no chão e fazer nosso trabalho. Nessas decisões, o pessoal da fisiologia e o Tite vão decidir quem joga”, disse.


O meia descartou inclusive estar com a cabeça no clássico de domingo contra o Palmeiras. “Temos de pensar primeiro no San Lorenzo, não tem nada garantido na Libertadores. Tem de fazer mais uma boa partida. Vamos para conseguir a vitória sobre o San Lorenzo. Não tem o que pensar no Palmeiras”, afirmou.

Para o meia, o time não tem de priorizar a Libertadores ou o Paulista. “As duas competições são importantes, não tem de priorizar uma ou outra. Temos sempre de pensar no próximo adversário, e o próximo agora é o San Lorenzo.”

O Corinthians precisa de apenas um empate para se classificar para as quartas de final da Libertadores. Tite deu indícios no treino de terça-feira que o time que enfrentará o San Lorenzo deverá ser o mesmo que jogou contra a Ponte Preta, no último sábado: Cássio; Fagner, Felipe, Gil e Uendel; Ralf; Jadson, Elias, Renato Augusto e Emerson; Vagner Love.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.