Felipe Rau/Estadão
Felipe Rau/Estadão

Jadson recebe proposta milionária da China e pode deixar Corinthians

Time de Vanderlei Luxemburgo oferece salário de R$ 1,2 milhão

Estadão Conteúdo

10 de dezembro de 2015 | 20h33

O Corinthians pode perder o meia Jadson para o futebol chinês. O jogador recebeu uma proposta do Tianjin Songjiang, equipe dirigida por Vanderlei Luxemburgo, e existe a chance de o atleta aceitar a oferta nos próximos dias.

Estima-se que os chineses ofereceram salário de R$ 1,2 milhão por mês a Jadson. No início do ano, o meia foi procurado pelo Jiangsu Sainty, também da China, mas recusou a oferta. Os valores do contrato à época, no entanto, não eram tão altos como os oferecidos agora pelo Tianjin Songjiang.

A equipe de Luxemburgo disputará a Segunda Divisão do Campeonato Chinês em 2016. Se subir, está previsto em contrato que a comissão técnica e os jogadores ganharão um bônus financeiro.

Jadson tem contrato com o Corinthians até agosto. O clube possui apenas 30% dos direitos econômicos do jogador. Os empresários do atleta têm 50% e os 20% restantes pertencem ao meia.

O Tianjin Songjiang já acertou a contratação do atacante Luis Fabiano, ex-São Paulo. O clube também teria sondado Alexandre Pato, que acaba de deixar o time do Morumbi e terá de se apresentar ao Corinthians caso não feche transferência para outro clube.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.