Reprodução
Reprodução

Jaílson realiza o sonho de participar do 'Programa do Ratinho'

Apresentador palmeirense pediu para conhecer o vestiário do clube

Gonçalo Junior, O Estado de S.Paulo

09 de dezembro de 2016 | 08h04

O goleiro Jaílson participou do Programa do Ratinho, do SBT, na noite desta quinta-feira. O goleiro confessou que estava realizando um sonho ao conhecer pessoalmente o apresentador Carlos Massa, que é palmeirense.

"Eu vi numa rede social que ele gosta do nosso programa, que a família dele assiste e que ele tinha muita vontade de me conhecer. Pedi para produção ir atrás porque também queria muito conhecê-lo. Aliás, quero conhecer todos os jogadores do Palmeiras. É um time campeão e que merece todo o respeito do povo brasileiro", disse o apresentador. "Era meu sonho conhecer o Ratinho e hoje estou aqui", disse o goleiro no palco do programa. 

A participação foi rápida. O goleiro deu como presentes luvas e uma camisa de goleiro. A mulher de Jaílson estava no auditório. Ratinho, por sua vez, relatou a trajetória de Jaílson no Campeonato Brasileiro, que passou de terceiro goleiro a titular invicto após a cirurgia no ombro do titular Fernando Prass. "Estou muito feliz com sua visita. Espero que você me leve para conhecer o vestiário do Palmeiras. Esse é o meu ídolo", declarou o apresentador. 

A quinta-feira foi um dia especial para o arqueiro também pela renovação de seu contrato com o Palmeiras por mais dois anos. Satisfeito, ele próprio anunciou a ampliação durante entrevista coletiva na Academia de Futebol. 

Embora tenha estendido o vínculo, Jaílson reconhece que deverá voltar para a reserva no ano que vem. O titular Prass está recuperado e atuou nos últimos minutos da partida do título, contra a Chapecoense. "Prass não saiu por falha. Saiu por contusão. Seria injusto que ele ficasse no banco. Se o treinador optar pela minha escalação ou para que eu fique no banco, estarei feliz da mesma forma", disse Jaílson.

Tudo o que sabemos sobre:
PalmeirasJailson

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.