Ivan Storti / Santos FC
Ivan Storti / Santos FC

Jair admite 1º tempo ruim, mas aponta valentia do Santos e reclama de 'maratona'

Treinador diz que ausências de David Braz e Alison também influenciaram em futebol ruim da equipe

Estadão Conteúdo

29 Janeiro 2018 | 11h38

A temporada 2018 está apenas no começo, mas a sequência de jogos já incomoda o técnico Jair Ventura no Santos. Após o time sofrer para arrancar o empate por 1 a 1 com o Ituano, na noite de domingo, no estádio do Pacaembu, o treinador reclamou da sequência de jogos que a sua equipe já vem enfrentando.

+ Rodrygo celebra mais um gol decisivo pelo Santos: 'Fico no banco sonhando'

O treinador lembrou que o time enfrentou o Bragantino na última segunda-feira, depois encarou a Ponte Preta na quinta, fechando a sequência com o duelo de domingo com o Ituano, quando teve atuação ruim na etapa inicial. "Esse primeiro tempo entrou muito nessa situação, de não conseguir treinar, mas fomos valentes", afirmou.

Diante do Ituano, Jair optou por poupar o zagueiro David Braz e o volante Alison, que estavam pendurados com dois cartões amarelos. Ele avaliou que isso atrapalhou o Santos, mas também defendeu a sua decisão. "Não fizemos um primeiro tempo bom, foi muito abaixo. Sentimos as ausências do Alison e do Braz e demoramos para nos encontrar", comentou.

Jair, porém, exaltou o que classificou como valentia do Santos para buscar o empate, que saiu aos 45 minutos do segundo tempo, com o gol marcado por Rodrygo. O treinador lembrou que Victor Ferraz lesionou o ombro durante o duelo e lamentou que já venha sofrendo com desfalques - Bruno Henrique e Lucas Veríssimo estão afastados por lesões.

"O importante é o que a gente criou. Queremos ser um time equilibrado para não ficar correndo atrás. O desgaste é muito grande em início de temporada. Nossa condição física está boa. Não é fácil no início de temporada perder gente como perdemos, com três jogos durante a semana e reagir", disse.

Com sete pontos, o Santos lidera o Grupo D do Paulistão. O time voltará a jogar no domingo, quando vai visitar o Palmeiras, no Allianz Parque, pela quinta rodada do torneio estadual.

Mais conteúdo sobre:
futebol Santos Futebol Clube Jair Ventura

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.