Jair admite 'gosto amargo' e 'dor de cotovelo' após derrota do Botafogo

Time carioca perdeu chances claras para marcar e sofreu gol aos 50 do segundo tempo

Estadão Conteúdo

08 de junho de 2017 | 08h50

O técnico Jair Ventura não escondeu a decepção pela dolorosa derrota do Botafogo contra o Santos, na noite desta quarta-feira. O único gol da partida foi marcada aos 50 minutos do segundo tempo, por Victor Ferraz, no Pacaembu. O revés impediu o time carioca de se aproximar dos primeiros colocados da tabela do Brasileirão.

"Fomos melhor na partida e tivemos as chances mais claras. Por causa da nossa performance, fica um gosto amargo, uma dor de cotovelo. Pelo rendimento da equipe, se alguém falar que o Santos mereceu a vitória é complicado", declarou o treinador, após a derrota por 1 a 0, em São Paulo.

Entre as chances perdidas pelo Botafogo, Jair Ventura lamentou principalmente a finalização desperdiçada por Rodrigo Pimpão, cara a cara com o goleiro Vanderlei. "Faz parte, futebol é assim: se você não faz, depois você leva. Nós continuamos fazendo uma boa partida, tivemos a chance de gol com o Pimpão, mas a gente não conseguiu fazer, então paciência", comentou.

O treinador, contudo, fez questão de isentar o atacante pelo lance perdido. "Não perdemos o jogo porque o Pimpão não fez o gol. A gente trabalha com esporte coletivo, sendo assim ganha todo mundo e perde todo mundo junto. O culpado não é o Pimpão e nem ninguém, somos todos nós", ponderou.

A boa notícia para o Botafogo na noite passada foi o retorno de Montillo aos gramados. Ele entrou no segundo tempo e teve um desempenho discreto. "Foi uma pena que ele sofreu com as lesões. É um jogador muito diferenciado. Hoje o departamento de fisiologia me deu 15 minutos. Usei ele em campo por 25. Quando ele recuperar a boa forma vai nos ajudar muito", projetou o treinador.

Com sete pontos, a equipe carioca aparece na oitava colocação da tabela. O time comandado por Jair Ventura voltará a campo no domingo para enfrentar o Coritiba, no Engenhão.

Tudo o que sabemos sobre:
futebolBotafogoCampeonato Brasileiro

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.