Vitor Silva/ SSPress/ Botafogo
Vitor Silva/ SSPress/ Botafogo

Jair celebra especulações, mas garante que está focado no Botafogo

Treinador fica satisfeito com o interesse de outros clubes em contratá-lo

Estadão Conteúdo

27 Outubro 2017 | 18h06

Depois de levar o modesto elenco do Botafogo às quartas de final da Copa Libertadores, à semifinal da Copa do Brasil e a uma sólida campanha no Campeonato Brasileiro, Jair Ventura passou a ser especulado por uma série de clubes para 2018. E, segundo revelou o próprio treinador nesta sexta-feira, ele gostou dos boatos.

+ Brenner vê Botafogo embalado após vitória sobre o líder

Mas, apesar de se dizer gratificado com as especulações, Jair foi enfático ao garantir que está focado no Botafogo, que está em sexto lugar no Brasileirão e pode se classificar à Libertadores pelo segundo ano consecutivo, um feito inédito na história do clube.

"É gratificante ver seu nome especulado em outras equipes tão grandes quanto o Botafogo. Mas estou totalmente focado aqui, nessa situação que a torcida quer e nós queremos ainda mais. O Botafogo nunca conseguiu duas classificações seguidas para a Libertadores e vamos em busca disso", assegurou o treinador.

Sobre o próximo ano, Jair revelou ter apenas uma preocupação: que a diretoria renove com os jogadores cujos contratos estão para vencer. "Preocupa e esse é um futuro que podemos mudar. Buscar a manutenção da equipe, o que facilita a vida do treinador e a adaptação de novos jogadores que chegam, principalmente para os estrangeiros. São muitos fatores que interferem e temos que olhar para o mercado. Fico torcendo para que possamos manter a nossa base e chegarmos ainda mais fortes no ano que vem", pediu.

O treinador também avaliou o duelo deste domingo contra o Atlético Mineiro, em Belo Horizonte, pelo Brasileirão. E pediu a equipe concentrada na partida - e não na possível classificação à Libertadores. "Nossa meta é fazer o melhor a cada jogo. Vamos enfrentar o Atlético Mineiro agora e sabemos da dificuldade. Vamos encarar o presente e esquecer o futuro. Um bom presente garante um futuro melhor. Não trabalho com metas longas e sim jogo a jogo, avaliando cada adversário para conseguirmos o nosso objetivo".

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.