Miguel Schincariol/AFP
Miguel Schincariol/AFP

Jair celebra vitória maiúscula e exalta recuperação de Copete e Gabriel no Santos

Dupla de ataque titular contra o Estudiantes vinha em baixa nos últimos jogos

Estadão Conteúdo

25 de abril de 2018 | 09h58

"Uma vitória maiúscula e um desempenho maiúsculo". Foi desse modo que o técnico Jair Ventura classificou a atuação do Santos no triunfo por 2 a 0 sobre o Estudiantes, na noite de terça-feira, na Vila Belmiro, pela quarta rodada do Grupo F da Copa Libertadores, um resultado que encaminhou a classificação do time às oitavas de final, e que foi conquistado sem grandes sustos.

+ Eleito o melhor do jogo, Rodrygo passa mal em campo e vomita: 'Voltei tranquilo'

+ TEMPO REAL: Confira como foi o jogo na Vila Belmiro

O resultado positivo levou o Santos aos nove pontos, com cinco de vantagem para o próprio Estudiantes e também de cinco para o peruano Real Garcilaso, que tem um jogo a menos e vai enfrentar nesta quinta-feira, no Uruguai, o Nacional, que soma apenas dois.

Sem Eduardo Sasha, que se lesionou, Jair surpreendeu ao escalar o colombiano Copete, que vinha sendo pouco aproveitado, no ataque santista. E ele teve boa atuação na terça, sendo decisivo ao dar o passe para Gabriel abrir o placar. Assim, o treinador celebrou a recuperação do jogador.

"Tem muitas coisas para exaltarmos, não só a vitória. Foi uma vitória do grupo, que perdeu o Sasha. O Copete vinha muito criticado pelas ultimas atuações. Trabalhamos para recuperá-lo e hoje deu um passe decisivo", disse o treinador, revelando que segurou Copete no Santos, apesar do interesse de outros clubes no colombiano. "Temos que ter convicções na vida. Se fizéssemos o que todo mundo queria, teríamos emprestado o Copete", acrescentou.

Além de Copete, quem também se recuperou foi Gabriel, que encerrou um jejum de oito jogos sem marcar pelo Santos, após fazer quatro gols nos seus quatro primeiros duelos nesse retorno ao time. "Oito jogos sem marcar, pediram para barrar e insisti, e hoje ele fez um gol importantíssimo", comentou Jair.

Após superar o Estudiantes, o Santos voltará a atuar na próxima terça-feira, quando vai visitar o Nacional, no Parque Central, em Montevidéu, pela quinta rodada do Grupo F da Libertadores.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.