Rodrigo Gazzanel/Ag. Corinthians
Rodrigo Gazzanel/Ag. Corinthians

Jair esboça Corinthians com Gabriel na direita e retornos de Jadson, Douglas e Avelar

Técnico não contou com Fagner, que segue tratamento, e promoveu o retorno dos titulares que foram poupados contra o América-MG

João Prata, O Estado de S.Paulo

02 Outubro 2018 | 11h25

O técnico Jair Ventura indicou nesta terça-feira pela manhã o time do Corinthians que deve enfrentar o Flamengo na próxima sexta-feira, às 21h, em casa, pela 28ª rodada do Campeonato Brasileiro. A principais novidades foram os retornos de Jadson, Danilo Avelar e Douglas.

O trio foi poupado do empate contra o América-MG na última rodada por desgaste físico, mas participou normalmente do treino nesta manhã. A principal baixa foi o lateral-direito Fagner que ficou na fisioterapia em recuperação de uma fibrose na coxa direita.

Sem ele, Jair improvisou Gabriel na posição e formou o setor de marcação no meio-campo com Ralf e Douglas. Na parte ofensiva, Pedrinho deu lugar a Jadson e o quarteto foi o mesmo da vitória sobre o Flamengo na última quarta-feira pela semifinal da Copa do Brasil, com Clayson, Mateus Vital e Romero completando o setor.

O coletivo terminou empatado por 1 a 1. Vital marcou para os titulares e Gabriel, contra, empatou para os reservas. A atividade, no entanto teve uma particularidade. Em um dos lados do campo havia dois gols nas extremidades da linha de fundo. De um lado ficou Caíque e, do outro, Walter. Cássio ficou no lado oposto e não sofreu nenhum dos gols.

A expectativa é que Fagner se recupere da fibrose e esteja apto para o primeiro jogo da final da Copa do Brasil, no dia 10, contra o Cruzeiro, no Mineirão. Caso ele volte, é provável que Gabriel ocupe a vaga de Douglas, que está suspenso, no meio-campo.

O Corinthians ocupa a nona colocação no Campeonato Brasileiro com 35 pontos, a apenas seis do Vitória, que abre a zona de rebaixamento. Por isso, apesar da decisão da Copa do Brasil, o elenco não pode deixar de lado a competição por pontos corridos.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.