Werther Santana/Estadão
Werther Santana/Estadão

Jair evita apontar um destaque e ressalta força de superação do Corinthians

Técnico destacou entrega do elenco na vitória sobre o Flamengo por 2 a 1 que garantiu vaga na final da Copa do Brasil

João Prata, O Estado de S.Paulo

27 de setembro de 2018 | 01h19

O técnico Jair Ventura evitou apontar um destaque pela classificação do Corinthians. Após a vitória por 2 a 1 sobre o Flamengo o treinador fez questão de destacar a força do elenco, que se superou em meio às dificuldades enfrentadas durante o jogo pela semifinal da Copa do Brasil.

"Nunca falo um ponto só principal. É uma série de fatores, é um esporte coletivo. Nada e ninguém conseguem alcançar os objetivos sozinhos", afirmou. "Hoje vencemos o elenco mais valioso do Brasil. Lógico que vamos tropeçar, como todo mundo, mas vemos que está em evolução, e me chama atenção é a entrega do grupo, como eles deixam o máximo dentro do campo", prosseguiu.

 Para exemplificar, citou os jogadores que sentiram desgaste muscular. "O Fagner acabou saindo (com dores na coxa), o (Mateus) Vital não aguentou. Jadson e Douglas sentiram. Tinham seis substituições e podia fazer apenas três. Mostra que passamos do limite e isso vale à pena quando você alcança o objetivo", prosseguiu.

 

Jair aproveitou para destacar também o apoio da Fiel, que na terça-feira encheu a Arena para acompanhar o último treino e nesta quarta-feira empurrou novamente a equipe. "Você vê como eles são apaixonados. Isso serve de combustível. hoje mostrou isso no jogo", comentou.

Por fim, o treinador evitou falar sobre a decisão da Copa do Brasil. Nos próximos dias 10 e 17 o Corinthians enfrentará o Cruzeiro na final. O time celeste eliminou o Palmeiras também nesta quarta-feira ao empatar por 1 a 1 no Mineirão - a equipe havia vencido o jogo de ida, fora, por 1 a 0. "Agora é descansar, ainda não vencemos nada. Temos que ter os pés no chão, para preparar para o objetivo que é a final", disse.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.