Jair Ventura contém euforia e diz que Botafogo luta para não ser rebaixado

'Não caio em armadilha no futebol', afirmou treinador

Estadão Conteúdo

02 Outubro 2016 | 08h45

A vitória sobre o Corinthians por 2 a 0 deixou o Botafogo a sete pontos do G4 no Campeonato Brasileiro e abriu boa distância da zona de rebaixamento. Apesar do bom momento, o técnico Jair Ventura prefere manter o discurso de que o objetivo inicial é livrar a equipe matematicamente da Série B.

"Demos mais um passo. Os torcedores têm o direito de falar em Libertadores, porque o Botafogo é gigante. Eu não falo porque já estivemos na lanterna. Nosso objetivo é conseguir mais duas vitórias e fugir definitivamente do rebaixamento. Não caio em armadilha no futebol", comentou.

O treinador também destacou a atuação do Botafogo no primeiro tempo da partida, quando abriu 2 a 0. Depois, minimizou a queda de rendimento na etapa final, quando o Corinthians chegou a desperdiçar um pênalti.

"A gente sonha em conseguir o equilíbrio nos dois tempos. Fizemos um primeiro tempo maravilhoso. Manter o mesmo nível no segundo seria difícil. Estamos sendo bastante regulares e isso é o mais importante", opinou.

O Botafogo volta a campo no próximo domingo, quando visitará o Figueirense, no estádio Orlando Scarpelli, em Florianópolis, pela 29.ª rodada do Brasileirão. É a chance de o time carioca alcançar o segundo triunfo consecutivo e encostar de vez na briga por uma vaga à Libertadores.

Mais conteúdo sobre:
Botafogo Campeonato Brasileiro

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.