Daniel Augusto Jr. / Ag. Corinthians
Daniel Augusto Jr. / Ag. Corinthians

Jair Ventura diz que semana livre serviu para recuperar jogadores do Corinthians

Técnico explicou que deixou de implementar algumas mudanças para não correr o risco de perder atleta por lesão

João Prata, O Estado de S.Paulo

22 de setembro de 2018 | 05h00

O técnico Jair Ventura teve pela primeira vez uma semana livre para trabalhar no Corinthians. No entanto, o treinador disse que não conseguiu ainda fazer os ajustes que considera necessário. Isso porque os jogadores vinham muito desgastados devido à maratona de jogos.

"Seria uma semana ótima para implementar uma séria de coisas. Mas o Corinthians vinha numa pegada forte de jogos. Então foi muito mais para recuperação, para a gente encher o tanque e recuperar do que qualquer outra coisa", comentou.

Nos três treinos táticos realizados, o treinador não fez mistérios e repetiu a mesma escalação. A novidade foi a entrada do meia Mateus Vital na vaga do centroavante Roger. No trabalho de sexta-feira, o atacante Clayson deixou a atividade mais cedo por causa de dores musculares, mas não preocupa para a partida.

"Tentamos não forçar tanto. A situação ofensiva tem que ser trabalhada, pelo fato de o Corinthians ser uma das equipes que a gente menos finaliza. Mas tem que ser trabalhado com calma. Não podemos passar muita coisa para encher os atletas de coisa, mas aos poucos vamos implementando nosso trabalho", prosseguiu o treinador.

O Corinthians ocupa a oitava colocação na tabela o Campeonato Brasileiro com 33 pontos. Neste domingo, às 16h, o time alvinegro recebe o Internacional, em sua arena, na tentativa de se afastar da zona de rebaixamento.

O técnico Jair Ventura mandará a campo a equipe com: Cássio; Fagner, Henrique, Léo Santos e Danilo Avelar; Gabriel e Douglas; Clayson, Mateus Vital, Jadson e Romero.

 

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.