Botafogo/ Divulgação
Botafogo/ Divulgação

Jair Ventura minimiza falha de Gatito e dedica vitória do Botafogo ao goleiro

'O futebol é um esporte coletivo. Todo mundo perde e ganha junto,' explica o técnico

Estadao Conteudo

05 Fevereiro 2017 | 11h06

O Botafogo precisou suar, mas conseguiu a primeira vitória no Campeonato Carioca ao derrotar o Macaé por 2 a 1, no último sábado, no Engenhão. Depois de abrir o placar e comandar o jogo, o time alvinegro sofreu o empate em uma infelicidade do goleiro Gatito Fernández e só garantiu os três pontos aos 52 minutos do segundo tempo.

"O futebol é um esporte coletivo. Todo mundo perde e ganha junto. Falei para o Gatito que essa vitória foi para ele. O grupo confia nele. Tudo na vida é confiança e foi isso que passei para ele. É o nosso goleiro, e bola para frente", declarou o técnico Jair Ventura após a partida.

Em meio ao desgaste deste início de temporada, Jair levou o Botafogo a campo com uma escalação reserva, que correspondeu e foi superior ao longo dos 90 minutos. A lamentar, apenas a grave lesão sofrida pelo garoto Gustavo Bochecha, que precisou deixar o gramado logo aos 11 minutos após torcer o joelho direito.

"Ontem (sexta), o treino já foi muito pegado, mais duro e é bom que cresce o grupo. Fica mais claro para as pessoas que duvidam o motivo de poupar. A estreia do Gustavo... Teve uma lesão séria. Por isso, temos que poupar. Fico triste pela situação do menino, que tem um futuro enorme pela frente", lamentou o treinador.

A opção pelo time reserva também serviu para poupar os principais nomes do Botafogo para o jogo mais importante deste início de temporada. Na quarta-feira, a equipe decidirá a classificação para a próxima fase preliminar da Libertadores diante do Colo Colo, no Chile. Na ida, no Rio, os comandados de Jair venceram por 2 a 1.

Mais conteúdo sobre:
futebol Botafogo

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.