Daniel Augusto Jr.
Daniel Augusto Jr.

Jair Ventura vai estrear no clássico com a mesma escalação de Loss

Novo treinador do Corinthians afirmou que não fará grandes mudanças no jogo diante do Palmeiras

Gonçalo Junior, O Estado de S.Paulo

08 Setembro 2018 | 15h10

A escalação de estreia de Jair Ventura no Corinthians deve ser a mesma que perdeu para o Ceará pelo Campeonato Brasileiro, na quarta-feira, ou seja a última de Osmar Loss, que voltou a ser auxiliar do clube. No treino da manhã de sábado, preparação final para o clássico diante do Palmeiras, o treinador confirmou os titulares de sexta-feira.

A única mudança foi a entrada de Danilo Avelar, que não havia treinado. Com isso, Gabriel perdeu o lugar entre os titulares. A escalação foi a seguinte: Cássio; Mantuan, Léo Santos, Henrique e Danilo Avelar; Ralf, Douglas, Pedrinho, Jadson e Romero; Roger.

Em seu segundo dia de trabalho como treinador do Corinthians, Ventura também definiu que Pedrinho será o titular no Allianz Parque. Na atividade de sexta-feira, ele havia se revezado com Clayson, que cumpriu suspensão de dois jogos por ter jogado água em torcedores da Chapecoense, em Chapecó e está pronto para retornar. Durante a atividade deste sábado, Jair enfatizou o posicionamento dos jogadores e dedicou boa parte ao ensaio de bolas paradas.

Duas ausências marcaram a lista dos relacionados para a partida. O zagueiro Pedro Henrique, que se recupera de uma entorse no joelho direito, e o paraguaio Sérgio Díaz, que ainda não estreou, mas cumpriu o cronograma de preparação física e seria relacionado pelo ex-treinador, Osmar Loss. O atacante emprestado pelo Real Madrid vem treinando há mais de um mês. 

Confira a lista de relacionados:

Goleiros: Cássio e Walter

Laterais: Mantuan e Danilo Avelar

Zagueiros: Léo Santos, Henrique, Marllon e Vilson

Volantes: Ralf, Douglas, Gabriel, Paulo Roberto e Thiaguinho

Meias; Jadson, Danilo, Mateus Vital e Araos

Atacantes: Pedrinho, Romero, Clayson, Roger, Matheus Matias e Jonathas

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.