Acervo/Estadão
Acervo/Estadão

Jairzinho se destaca na Copa de 1970 em jogo histórico de Gordon Banks

Goleiro inglês faz maior defesa da história das Copas em cabeçada de Pelé mas não consegue parar o 'Furacão'

Ciro Campos, O Estado de S.Paulo

11 Maio 2018 | 03h00

Era só um jogo da fase de grupos, mas o tempo provou o quanto o encontro em Guadalajara teria um significado histórico pesado. A então atual campeã, Inglaterra, enfrentaria o futuro dono do posto, o Brasil, em uma partida marcada pela maior defesa da história das Copas.

Confira a página especial sobre a Copa do Mundo de 2018

INFOGRÁFICO - Brasil, a camisa mais pesada do futebol mundial

ESPECIAL - 15 anos do Penta, nossa última conquista

Aos 11 minutos do primeiro tempo, o destaque da partida, Jairzinho, cruzou e Pelé cabeceou firme, no canto. O goleiro Banks saltou e com um tapa de baixo para cima, jogou a bola para escanteio. O lance ficou marcado para a história, assim como o jogo, que foi a batalha mais difícil da seleção brasileira na campanha do título.

Persistente, Jairzinho continuou empenhado em furar a resistência inglesa e conseguiu. Em um chute forte, já no segundo tempo, o atacante brasileiro definiu o confronto, que foi um dos mais equilibrados e emocionantes daquele Mundial.

CAMPANHA DO CAMPEÃO

Primeira fase

Brasil 4x1 Checoslováquia - 3/6 - Guadalajara

Brasil 1x0 Inglaterra - 7/6 - Guadalajara

Brasil 3x2 Romênia - 10/6 - Guadalajara

 

Quartas de final

Brasil 4x2 Peru - 14/6 - Guadalajara

 

Semifinal

Brasil 3x1 Uruguai - 17/6 - Guadalajara

 

Final

Brasil 4x1 Itália - 21/6 - Cidade do México

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.