Jajá luta contra o tempo no Paysandu

O centroavante Jajá, que em apenas uma partida, contra o Bahia, transformou-se em ídolo da numerosa e fanática torcida do Paysandu, é a grande dúvida do técnico Givanildo Oliveira para a partida deste domingo contra o Palmeiras, valendo a vaga na decisão contra o Cruzeiro, pela Copa dos Campeões.No treino da última quinta-feira, no estádio da Curuzu, Jajá sofre uma fisgada na coxa e foi imediatamente retirado de campo pelo departamento médico. "Ele ainda não está vetado para o jogo. Vai depender do trabalho de fisioterapia para melhorar a condição clínica", informou o médico Wilson Fiel.Albertinho, que era o titular antes da chegada de Jajá a Belém, também está machucado, mas vem fazendo trabalho de recuperação muscular para enfrentar o Verdão. "Estou louco para jogar essa partida", confessou Albertinho, cujo passe está sendo pretendido por vários clubes do sul do país.Para alívio do treinador, a dupla de zagueiros titular, Gino e Sérgio, ameaçada de desfalcar o grupo no duelo com o alviverde paulista por causa de contusões, garantiu a escalação no domingo. "Não sinto mais nada", disse Gino.Casa cheia - O interesse pelo jogo de domingo é tão grande que no começo da tarde desta sexta-feira os 30 mil ingressos postos à venda numa rede de farmácias de Belém já haviam se esgotado. Outros cinco mil ingressos ainda podiam ser encontrados em farmácias da periferia da cidade e no município de Ananindeua, na Grande Belém. No dia do jogo, outros 15 mil ingressos serão vendidos nas bilheterias do Mangueirão.Os cambistas é que estão fazendo a festa. Eles estão vendendo a R$ 20,00 um ingresso de arquibancada cujo preço normal é de R$ 10,00.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.