Jamaica vence Estados Unidos e garante vaga inédita na final da Copa Ouro

A Jamaica venceu os Estados Unidos por 2 a 1, nesta quarta-feira, em pleno estádio Georgia Dome, em Atlanta, nos EUA, e garantiu vaga inédita para a final da Copa Ouro. Mattocks e Barnes garantiram a vitória em cima dos atuais campeões da competição. Bradley descontou.

Estadão Conteúdo

23 de julho de 2015 | 00h33

Os Estados Unidos, no entanto, ainda não estão fora da disputa por um lugar na Copa das Confederações de 2017, que será na Rússia. Pelas regras da Concacaf, a vaga de seu representante é definida entre o último campeão - os norte-americanos, em 2013 - contra o vencedor desta edição.

Os jamaicanos abriram o placar aos 30 minutos. Após cobrança de lateral pelo lado esquerdo, Darren Mattocks subiu mais alto do que a zaga adversária e mandou de cabeça para as redes. Seis minutos depois, Giles Barnes cobrou falta da entrada da área com perfeição e marcou o segundo.

Os Estados Unidos esboçaram uma reação no segundo tempo. Logo aos dois minutos, Beckerman chutou de fora da área, o goleiro jamaicano espalmou e Bradley aproveitou a sobra para diminuir. A partir daí, os jamaicanos se fecharam no campo de defesa, seguraram a pressão e garantiram a vaga na final.

Tudo o que sabemos sobre:
futebolJamaicaEstados UnidosCopa Ouro

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.