José Jacome/EFE
José Jacome/EFE

James e Cuadrado marcam, Colômbia bate Equador e é vice-líder das Eliminatórias

Resultado deixa colombianos com 24 pontos, um a mais que o Uruguai, terceiros na tabela

Estadão Conteudo

28 de março de 2017 | 20h26

Com dois marcados já no primeiro tempo, a Colômbia venceu o Equador por 2 a 0, nesta terça-feira, no estádio Olímpico Atahualpa, em Quito, e assumiu a vice-liderança das Eliminatórias Sul-Americanas da Copa do Mundo de 2018 de forma provisória.

O resultado levou a seleção colombiana aos 24 pontos, um à frente do agora terceiro colocado Uruguai, que nesta terça enfrenta o Peru, a partir das 23h15 (de Brasília), em Lima, no fechamento desta 14ª rodada do qualificatório da América do Sul.

Já o Equador, que iniciou a rodada como quinto colocado, caiu para o sexto lugar das Eliminatórias ao estacionar nos 20 pontos e assim saiu da zona de classificação para o Mundial da Rússia.

Os equatorianos, por sinal, serão os próximos adversários da seleção brasileira na 15ª rodada das Eliminatórias, no fim de agosto, no Brasil. Já a Colômbia atuará novamente fora de casa, contra a lanterna Venezuela, para dar novo passo rumo à Copa de 2018.

A vitória colombiana, por sinal, acabou sendo benéfica para o Brasil, líder disparado do qualificatório, que na noite desta terça enfrenta o Paraguai, às 21h45, no Itaquerão, em São Paulo. Este era um dos placares que poderiam fazer com que a seleção se classificasse ao Mundial já nesta terça com uma combinação de resultados. Além deste triunfo, a seleção brasileira precisaria derrotar os paraguaios e ainda contar com uma derrota do Chile para a Venezuela, em Santiago.

No jogo desta terça, os colombianos abriram o placar já aos 19 minutos do primeiro tempo. Depois de ser lançado pela esquerda, Borja cruzou para James Rodríguez, de forma meio desajeitada e com um pouco de sorte, desviar para o gol em bola que tocou no equatoriano Ayoví e depois rebateu nas costas do meio-campista antes de entrar.

E foi justamente pelo lado esquerdo, em jogada parecida com a do primeiro gol, que a Colômbia ampliou para 2 a 0, aos 33 minutos. Desta vez Cardona fez belo lançamento para James Rodríguez, que recebeu pelo lado esquerdo da grande área e cruzou para Cuadrado, livre, bater de primeira para o gol.

E a vida do Equador ficou ainda mais complicada a partir dos 15 minutos do segundo tempo, quando o zagueiro Caicedo deu um carrinho em Aguilar, recebeu o segundo cartão amarelo e consequentemente foi expulso.

Com um homem a mais em campo, a Colômbia administrou a vantagem de 2 a 0 com tranquilidade e ganhou moral para a continuidade das Eliminatórias com este novo passo importante para se garantir na Copa do Mundo de 2018.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.