Jeon Heon-Kyun/EFE
Jeon Heon-Kyun/EFE

James é liberado de amistoso da Colômbia e volta ao Bayern antes do previsto

Meia atuou contra a Coreia do Sul, mas não pega a China na próxima terça-feira; motivo não foi revelado

Estadão Conteúdo

11 Novembro 2017 | 10h06

O meia James Rodríguez desfalcará a seleção colombiana no amistoso da próxima terça-feira diante da China, em Chongqing. Sem maiores explicações a federação de futebol do país anunciou que o jogador foi liberado com antecipação e retornará à Alemanha para se apresentar ao Bayern de Munique.

+ Sem Guerrero, Peru empata com a Nova Zelândia fora de casa pela repescagem

De acordo com comunicado no site oficial da Federação Colombiana de Futebol (FCF), a seleção nacional seguirá com um elenco de 22 jogadores para a China. Isto porque James foi liberado, assim como o zagueiro Cristian Zapata, que voltará antecipadamente ao Milan. Nenhuma justificativa foi apresentada.

O fato é que a Colômbia decepcionou no primeiro amistoso deste giro pela Ásia e foi derrotada na sexta-feira pela Coreia do Sul, por 2 a 1, em Suwon. Na ocasião, James deu a assistência para o único gol dos visitantes, marcado justamente por Zapata.

A convocação de James para os amistoso, aliás, já havia rendido críticas do técnico do Bayern, Jupp Heynckes. Preocupado com o desgaste do jogador e com as longas viagens, o treinador disparou contra a federação colombiana.

"O James vai voar para Coreia do Sul e China para jogar somente duas partidas. Sinceramente, não me agrada nada. Então, esperamos coisas de nossos jogadores que são fisiologicamente impossíveis", disse no começo da semana.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.