James vai desfalcar a Inglaterra nas Eliminatórias

O goleiro David James, do Portsmouth, vai desfalcar a seleção da Inglaterra nos próximos dois jogos pelas Eliminatórias da Copa do Mundo de 2010, em junho, por causa de uma cirurgia no ombro a que será submetido nesta quarta-feira.

AE-AP, Agencia Estado

19 de maio de 2009 | 09h33

"Estou jogando assim nos últimos 18 meses, mas preciso olhar adiante e pensar em estar bem para defender o Portsmouth na próxima temporada. Acho que a seleção pode passar bem sem mim", disse o goleiro, de 38 anos, que soma 48 partidas com a camisa da seleção e esteve, como reserva, nas Copas de 2002 e 2006.

O técnico Fabio Capello já não poderia contar com Ben Foster, reserva do Manchester United, que está afastado com uma fratura no polegar, e pode ter de apelar para Paul Robinson, que foi titular na Copa de 2006, mas caiu em desgraça após seguidas falhas em jogos nas Eliminatórias da Eurocopa de 2008 - acabou apontado como um dos culpados pela não classificação da equipe.

"Paul está no auge de sua forma, é o melhor goleiro inglês do país na atualidade", defendeu Sam Allardyce, técnico do Blackburn, atual equipe do goleiro de 29 anos, que atuou em 41 partidas.

Berço de astros como Gordon Banks e Peter Shilton, a Inglaterra vive um momento ruim na formação de goleiros, refletido no fato de os quatro principais clubes hoje terem hoje goleiros estrangeiros como principais opções - a exceção é o Manchester United, que tem Foster como primeira opção ao holandês Van der Sar. O Liverpool tem o espanhol Reina e o brasileiro Diego Cavalieri, o Arsenal escala o checo Cech e o português Hilário, e o Arsenal tem o espanhol Almunia e o polonês Fabianski.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.