Janas se diz surpreso e satisfeito com gols de zagueiro

O técnico da seleção da Polônia, Pavel Janas, disse que ficou surpreso e satisfeito com o desempenho do zagueiro Bosacki, autor dos dois gols na vitória sobre a Costa Rica por 2 a 1, nesta terça-feira, em Berlim, na despedida dos dois times da Copa da Mundo."Foi surpreendente para mim. Achava que eram apenas os atacantes ou os jogadores de meio-campo que faziam gols, mas de qualquer jeito, sou muito grato a ele", disse o técnico da Polônia."Quero felicitar o todo o grupo, que jogou em condições difíceis. Tive que fazer algumas mudanças para esta partida, porque alguns jogadores estavam cansados. Eles estiveram maravilhosos neste jogo. É uma pena que tenhamos vencido apenas na última partida", disse o treinador.Janas também rebateu as críticas feitas pela imprensa, após as derrotas para o Equador e a Alemanha, nas primeiras partidas do Mundial, e disse ainda não sabe se fica no cargo."Fomos criticados. Disseram que não marcaríamos gols e conseguimos dois. Estou satisfeito", disse o técnico. "Simplesmente ganhei um jogo, sem pensar no futuro. Não trabalhei para manter o meu posto. A decisão (sobre a permanência no cargo) na depende de mim."A Polônia encerrou sua participação com três pontos, na terceira colocação do Grupo A, à frente a Costa Rica, que perdeu seus três jogos. A Alemanha terminou em primeiro, com nove pontos, e o Equador foi o segundo, com seis.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.